O funcionamento da União Europeia

A União Europeia dispõe de um poder legislativo e executivo próprio, bem como de um sistema judicial independente e de um Banco Central, apoiados e complementados por uma série de outras instituições e órgãos cujas atribuições decorrem dos Tratados fundadores. Com o passar dos anos e os sucessivos tratados, os poderes da União evoluíram significativamente, tal como os processos de tomada de decisão que são seguidos pelo Parlamento Europeu e pelo Conselho na elaboração da legislação relativa à maior parte das políticas da União Europeia. Para concretizar os seus objetivos, a União possui igualmente um orçamento próprio. O Tratado de Lisboa estabeleceu que o Parlamento e o Conselho decidem de forma paritária sobre a totalidade do orçamento da UE e o quadro financeiro plurianual.