Economia, ciência e qualidade de vida

O mercado único constituiu a maior realização da União Europeia. Com a abolição das antigas barreiras alfandegárias, as pessoas, os bens, os serviços e os capitais podem circular livremente na Europa. Para que se tornasse real, os legisladores europeus adotaram centenas de textos legislativos destinados a eliminar barreiras técnicas, regulamentares e jurídicas na União. Para completar o mercado único, a União Europeia desenvolveu um conjunto de políticas que têm uma profunda influência sobre a vida dos cidadãos e das empresas. O ambiente, a saúde, os direitos dos consumidores, a concorrência, a fiscalidade, a energia, a indústria, a investigação e as políticas sociais são, todos eles, setores em que a União tem uma palavra a dizer. A União Económica e Monetária (UEM) traduz-se numa coordenação acrescida das políticas económicas e monetárias dos Estados-Membros a nível europeu e na obrigação de evitar défices orçamentais excessivos.