Coesão, crescimento e emprego

As políticas estruturais são concebidas para promover a coesão económica, social e territorial na UE, através do apoio à criação de emprego, à competitividade, à investigação e à inovação, bem como ao desenvolvimento sustentável, e para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos da UE. A coesão, a agricultura, as pescas e os transportes são domínios em que a União tem uma palavra a dizer. Um dos principais objetivos da UE consiste em reduzir as disparidades entre os níveis de desenvolvimento das suas regiões. A política agrícola comum visa garantir um nível de vida equitativo aos agricultores e assegurar que os produtos são disponibilizados aos consumidores a preços razoáveis, promovendo, ao mesmo tempo, as práticas sustentáveis. A política comum das pescas visa assegurar uma pesca e a uma aquicultura sustentáveis e garantir rendimentos e empregos estáveis para todos os produtores, utilizando medidas financeiras e de mercado para apoiar esses objetivos. Atualmente, a mobilidade sustentável, juntamente com a abertura dos mercados dos transportes e a criação da rede transeuropeia de transportes, representam importantes desafios. O turismo, a cultura, a educação e o desporto constituem também domínios em que a União desempenha um papel ativo.