A União Económica e Monetária

A União Económica e Monetária (UEM), que é parte integrante da realização do mercado único, traduz-se numa coordenação acrescida das políticas económicas dos Estados-Membros a nível europeu e na obrigação de evitar défices orçamentais excessivos (pacto de estabilidade e de crescimento). A UEM deu origem à introdução de uma moeda única: o euro. Desde 1 de janeiro de 1999, o Banco Central Europeu (BCE) foi encarregado de conduzir a política monetária europeia. Foi implementado um sistema de governação económica, as políticas económicas passaram a ser coordenadas e sujeitas a supervisão e foi criado um mecanismo de assistência financeira aos Estados-Membros da UE que atravessem graves dificuldades económicas.