Seja ouvido 

O Parlamento Europeu representa as pessoas. Por isso, a sua opinião e as suas preocupações são importantes para nós. Os cidadãos podem fazer-se ouvir de várias formas, desde a participação nas eleições europeias à assinatura de uma iniciativa de cidadania ou à apresentação de uma queixa junto do Provedor de Justiça Europeu. Pode consultar mais informações nas secções que se seguem.

     

Eleições

As eleições são a principal forma de influenciar diretamente a política europeia. Todos os cidadãos da UE têm o direito de votar e de escolher os seus representantes ao nível europeu. Saiba mais sobre os princípios de base deste processo.

     

Petições

Qualquer cidadão da UE ou pessoa coletiva baseada na UE tem o direito de apresentar queixas ou pedidos ao Parlamento Europeu sobre assuntos relacionados com a União Europeia. Saiba mais.

     

Provedor de Justiça Europeu

Se considerar que não foi tratado adequadamente pelas instituições da UE, pode entrar em contacto com o Provedor de Justiça Europeu. O Provedor de Justiça investiga queixas e procura resolver os litígios de forma amigável.

     

Coordenadora para os direitos da criança

Precisa de ajuda na resolução de problemas com o seu ex-cônjuge ou parceiro sobre o futuro dos vossos filhos? Orientada pelo interesse superior da criança, a Coordenadora do Parlamento tem por missão procurar soluções para o rapto parental.

     

Eurobarómetro

O Parlamento Europeu encomenda regularmente inquéritos de opinião para se inteirar dos pontos de vista das pessoas sobre temas específicos ou os assuntos europeus em geral. Consulte os resultados desses inquéritos de opinião.

     

Iniciativa de cidadania europeia

Os cidadãos podem apresentar ideias para a adoção de nova legislação da UE. As instituições da UE têm de analisar as iniciativas que reúnam, pelo menos, um milhão de assinaturas na UE. Saiba mais através da nossa infografia.

     

Diálogo religioso e não confessional

O Parlamento Europeu está empenhado em manter contactos regulares com as organizações religiosas e não confessionais, a fim de integrar nas suas políticas os pontos de vista destas entidades sobre questões sociais e éticas.

     

Prémios

O Parlamento está interessado não só nas opiniões das pessoas, mas também na promoção do bom trabalho que realizam. Todos os anos, são atribuídos quatro prémios que distinguem realizações no domínio dos direitos humanos, do cinema, dos projetos relacionados com a juventude e da cidadania.

     

Patrocínio

O Parlamento dá apoio moral aos eventos que considera importantes. Saiba mais sobre os procedimentos e as modalidades para solicitar patrocínios.