European elections     
 

Eleições europeias 

23-26 de maio de 2019 

As próximas eleições europeias têm lugar entre 23 e 26 de maio de 2019, dando a todos os cidadãos adultos da UE a oportunidade de escolher os seus representantes no Parlamento Europeu. Ajude a moldar o futuro da Europa e vote!

As últimas eleições europeias em 2014 foram as maiores eleições transnacionais jamais realizadas em simultâneo. Desta vez, ainda há mais em jogo. Ao votar, ajuda a decidir que tipo de Europa teremos nos próximos anos.

As eleições europeias em maio de 2019 terão um impacto direto na sua vida. Decidirão como a Europa atuará nos próximos anos para dar resposta às suas sobre o emprego, as empresas, a segurança, a migração e as alterações climáticas.

Uma vez que a Europa pertence a todos nós, todos nós devemos tomar estas decisões em conjunto. Assim, não só é importante que vote, mas também que a sua família, os seus amigos, vizinhos e colegas votem. Quando todos votam, todos ganham.

 

Votar

Embora existam algumas regras comuns relativas às eleições, alguns aspetos podem variar de país para país, como, por exemplo, a possibilidade de votar por correspondência ou a partir do estrangeiro.

Dados específicos, como a identidade dos candidatos e a localização da sua assembleia de voto, ficarão gradualmente disponíveis. Para obter os dados mais recentes, informe-se junto da sua autoridade eleitoral nacional.

Se vive noutro país da UE, deve poder votar no seu deputado ao Parlamento Europeu nesse país. Se o seu país de origem permite o voto a partir do estrangeiro, poderá também ter a possibilidade de aí votar. Para saber se esta possibilidade existe, informe-se junto da sua embaixada. É claro que só pode votar uma vez. Assim, vota no seu país de origem ou no seu novo país de acolhimento, não em ambos.

Temos de mudar a Europa e torná-la mais eficaz, respondendo às preocupações dos cidadãos e baseando-nos no que já conseguimos.

Presidente do Parlamento Europeu Antonio Tajani

     

Dar mais um passo em frente

Votar não é tudo o que pode fazer. Pode desempenhar um papel fundamental convencendo mais pessoas a votar e a definir o rumo da UE.

Registe-se e desempenhe o seu papel na promoção da democracia. 

     

Eleições europeias

Saiba como funcionam as eleições europeias e como pode votar  no seu país ou no estrangeiro.

     

O nosso dossiê de imprensa

Se é jornalista e escreve sobre as eleições, pode encontrar tudo o que precisa no nosso dossiê de imprensa .

     

Por que deve votar nas eleições europeias?

O Parlamento Europeu tem feito muito para ajudar a melhorar as diferentes áreas da sua vida nos últimos anos. Será necessário continuar a trabalhar no próximo mandato. Consulte esta síntese  e partilhe as razões para votar que considera mais importantes com os seus amigos

A UE está envolvida em muitas áreas, da promoção do comércio à proteção dos consumidores e ao estímulo à investigação. Está a mudar a sua cidade e a sua região. Descubra como a UE o tem beneficiado .

Como me representam os deputados ao Parlamento Europeu?

As eleições europeias têm por objetivo escolher quem deseja que o represente como deputado ao Parlamento Europeu e defenda os seus interesses na UE. Os deputados ao Parlamento Europeu não só moldam e decidem sobre nova legislação, mas também votam novos acordos de comércio, fiscalizam as instituições da UE e como é despendido o dinheiro dos seus impostos, bem como lançam investigações sobre questões específicas.

As eleições europeias em pormenor

De cinco em cinco anos, os cidadãos da UE escolhem quem os representa no Parlamento Europeu, a instituição diretamente eleita que defende os seus interesses no processo de tomada de decisões da UE. As práticas de voto variam em toda a UE, mas existem também alguns elementos comuns. Eis uma breve síntese de como os deputados ao Parlamento Europeu são eleitos.

Quantos deputados ao Parlamento Europeu por cada país?

A distribuição de lugares está estabelecida nos tratados europeus. Tem em conta a dimensão da população de cada país, com os países de menor dimensão obtendo mais lugares do que a estrita proporcionalidade implicaria. Atualmente, o número de deputados ao Parlamento Europeu varia entre 6 para Malta, Luxemburgo e Chipre e 96 para a Alemanha.

Sistema eleitoral

As regras determinam que deve ser utilizada alguma forma de representação proporcional na eleição dos deputados ao Parlamento Europeu. Este sistema garante que, se um partido obtiver 20% dos votos, ganhará também cerca de 20% dos lugares em jogo, pelo que tanto os grandes como os pequenos partidos políticos têm a possibilidade de enviar representantes ao Parlamento Europeu.

Os países têm a liberdade de decidir sobre muitos outros aspetos importantes do processo de votação. Por exemplo, alguns dividem o seu território em círculos eleitorais regionais, enquanto outros têm um círculo eleitoral único.

Dias previstos para a votação

Os países da UE têm diferentes tradições de voto e cada um pode decidir sobre a data exata da eleição num período de quatro dias, de quinta-feira (dia em que os Países Baixos normalmente votam) a domingo (quando a maioria dos países realiza as suas eleições).

Quem concorre às eleições?

Quem concorre às eleições são os partidos políticos nacionais, mas, logo que os deputados ao Parlamento Europeu são eleitos, a maioria opta por integrar grupos políticos transnacionais. A maioria dos partidos nacionais está filiada num grupo político a nível europeu (ver em seguida mais informações) e, por esse motivo, uma das grandes questões na noite das eleições consiste em saber qual destes grupos políticos exercerá maior influência na nova legislatura.

Ter uma palavra a dizer sobre quem presidirá à Comissão Europeia

Nas eleições de 2014, os principais grupos políticos europeus nomearam, pela primeira vez, os seus candidatos a presidente da Comissão Europeia, o braço executivo da UE. O candidato do Partido Popular Europeu conquistou o cargo de presidente da Comissão, após ter obtido a aprovação da maioria no novo Parlamento Europeu.

Assim, ao votarem nas eleições europeias, os cidadãos tiveram uma palavra a dizer sobre quem seria responsável por propor e gerir as políticas da UE.

Os grupos políticos europeus devem também propor os seus principais candidatos às eleições de 2019.

Grupos políticos europeus

Um grupo político a nível europeu é composto por partidos e indivíduos nacionais e está representado em vários Estados-Membros. São os partidos nacionais que concorrem às eleições europeias, mas estão frequentemente associados a um grupo político europeu e, após as eleições, integram um grupo político no Parlamento Europeu com partidos que partilham as mesmas ideias da sua família política.