Página inicial

 
Últimas
 
Hearings: Commissioners-designate development and humanitarian aid

In the context of the approval of the new European Commission, the Committee on Development (DEVE) held two hearings: The hearing with the Commissioner-designate for development and international cooperation, Mr Neven Mimica (nominated by Croatia), took place on in the evening of 29 September. The hearing with the Commissioner-designate for humanitarian aid and crisis management, Mr. Christos Stylianides (nominated by Cyprus), took place Tuesday, 30 September. Recordings of both hearings are available below (first link). The DEVE Committee is also invited to the Foreign Affairs Committee hearing with Frederica Mogherini, High representative of the Union for Foreign Policy and Security Policy and Vice-President designate of the European Commission, scheduled for 6 October from 18:30 to 21:30 and taking place in Brussels in meeting room József Antall (JAN) 4Q2. 

   
 
Comunicados de imprensa mais recentes
Ver todas  
DEVE AFET DROI 07-10-2014 - 18:35  

Ukrainian movement EuroMaidan, Congolese gynaecologist Denis Mukwege and Azerbaijani human rights activist Leyla Yunus are the three finalists for this year's European Parliament Sakharov Prize for Freedom of Thought, as voted jointly on Tuesday by the Foreign Affairs and Development committees.

AFET DEVE INTA ECON JURI CULT AFCO LIBE FEMM ENVI EMPL IMCO ITRE REGI TRAN PECH AGRI 25-09-2014 - 10:51  

"The priorities of the Italian Council Presidency were outlined to the various parliamentary committees by Italian ministers in a series of meetings held in July and September."

Esta comissão tem competência em matéria de:
 
1. promoção, execução e acompanhamento da política de desenvolvimento e de cooperação da União, em particular:
a) diálogo político com os países em desenvolvimento, tanto a nível bilateral como a nível das organizações internacionais ou ainda nos fóruns interparlamentares,
b) ajuda aos países em desenvolvimento e acordos de cooperação com estes países, em particular a supervisão da eficácia do financiamento da ajuda e a avaliação de resultados, designadamente no que toca à erradicação da pobreza,
c) acompanhamento da relação entre as políticas dos Estados Membros e as políticas executadas a nível da União,
d) promoção dos valores democráticos, da boa governação e dos direitos humanos nos países em desenvolvimento,
e) execução, acompanhamento e promoção da coerência política no que toca à política de desenvolvimento;
 
2. toda a legislação, programação e supervisão de acções realizadas ao abrigo do Instrumento de Cooperação para o Desenvolvimento (ICD), do Fundo Europeu de Desenvolvimento (FED) - em estreita cooperação com os parlamentos nacionais - e do Instrumento de Ajuda Humanitária, bem como todas as questões relativas à ajuda humanitária nos países em desenvolvimento e às políticas que lhes estão subjacentes;
3. assuntos relacionados com o acordo de parceria ACP-UE e relações com as instâncias pertinentes;
4. questões relacionadas com os países e territórios ultramarinos (PTU);
5. participação do Parlamento em missões de observação de eleições, em colaboração com outras comissões e delegações competentes, quando adequado.
 
Esta comissão assegura a coordenação dos trabalhos das delegações interparlamentares e das delegações ad hoc que se inserem no seu âmbito de competências.
 
Difusões do dia
 
Nenhuma difusão hoje  
Biblioteca Multimédia
 
Palavras de boas-vindas
 
 

Bem-vindos ao sítio Web da Comissão do Desenvolvimento (DEVE). Tenho a honra de presidir a esta comissão desde julho de 2014.
 
Cerca de mil milhões de pessoas em todo o mundo vivem em condições de extrema pobreza. Muitos mais vêem-se confrontados com a fome e a doença ou não têm acesso nem a cuidados de saúde, nem ao ensino. Contudo, o esforço mundial de desenvolvimento, envidado no quadro dos Objetivos de Desenvolvimento do Milénio, conduziu a progressos visíveis e, nos últimos anos, vimos milhões de pessoas a serem resgatadas da pobreza. Ao mesmo tempo, porém, verificamos a existência de desigualdades crescentes, sendo necessário encontrar novas vias para que um maior número de pessoas possa beneficiar do crescimento económico.
 
A contribuição da UE para o apoio ao desenvolvimento é vital, constituindo o apoio e o controlo parlamentares elementos importantes. A nossa comissão participa na tomada de decisão relativa à parte do orçamento destinada às despesas da UE no domínio da ajuda ao desenvolvimento, acompanhamos de perto a Comissão Europeia, o Serviço para a Ação Externa e todos aqueles que utilizam os fundos de ajuda ao desenvolvimento da UE, e insistimos ainda numa melhor coordenação entre os países doadores e as agências. Participamos na elaboração da legislação que regula a ajuda ao desenvolvimento da UE. Reunimo-nos ainda com funcionários, partes interessadas e peritos de todo o mundo, a fim de debater soluções e tomar conhecimento das necessidades reais no terreno. Convido-vos a verificar com regularidade as notícias e os anúncios, consultar os documentos de reunião da nossa comissão ou mesmo ver as nossas reuniões ao vivo enquanto estas se desenrolam.
 
Linda McAvan