Página inicial

 
Últimas
 
Next TRAN meeting

The next TRAN meeting will take place from Monday 3 November 15:00 p.m. to Tuesday 4 November 18:30 p.m. in Brussels in P1A002 (Paul-Henri Spaak building). The meeting will be webstreamed.
 
 

   
 
Em destaque
 
Presentation of the study on investments in large TEN-T projects

A provisional version of the update of the 2013 study on 'investments in large TEN-T projects' will be presented to the TRAN Committee on 04.11.14.
 
This update adds five new case studies to the analysis, three of which dealing with mega projects that are still in the planning or in early implementation phase: Lyon-Turin, Iron-Rhine and S21/Stuttgart-Ulm. The update also shows that not all lessons from the past have been learned, in particular as regards the need for early and transparent public participation. The study will be finalized following the presentation.

 
Para saber mais
 
Exchange of views with EMSA Executive Director

The TRAN Committee will hold an exchange of views with Marku Mylly, Executive Director of the European Maritime Safety Agency in the next meeting. The presentation will take place on 04.11.14 from 11:00-12:00 in P1A002 (Paul-Henri Spaak building).

 
Para saber mais
 
Cross-border exchange of information on road safety

The Commission proposal aims at improving road safety by providing the Member States with mutual access to each other's vehicle registration data. This would allow them to identify drivers when they commit traffic offences abroad.
 
The Rapporteur will present her draft report in the next TRAN Committee meeting on 03.11.14.

   
Hearing on European road toll systems for private vehicles

The TRAN Committee will hold a hearing on the European road toll systems for private vehicles on 04.11.14 from 15:30-19:00 in room P1A002 (Paul-Henri Spaak building).
 
The event will be organised in two parts:
  • Road financing and legal aspects
  • Toll systems in Europe - case studies
 
If you wish to attend, please send an email to tran-secretariat@europarl.europa.eu by 30.10.14.

   
 
Comunicados de imprensa mais recentes
Ver todas  
AFET DEVE INTA ECON JURI CULT AFCO LIBE FEMM ENVI EMPL IMCO ITRE REGI TRAN PECH AGRI 25-09-2014 - 10:51  

"The priorities of the Italian Council Presidency were outlined to the various parliamentary committees by Italian ministers in a series of meetings held in July and September."

Apresentação e competências
 
Esta comissão tem competência em matéria de:
 
1. desenvolvimento de uma política comum para os transportes ferroviários, rodoviários e por via navegável, bem como para os transportes marítimos e aéreos, em particular:
 
a) normas comuns aplicáveis aos transportes na União Europeia,
b) estabelecimento e desenvolvimento das redes transeuropeias no domínio das infra-estruturas de transportes,
c) prestação de serviços de transporte e relações com os países terceiros no domínio dos transportes,
d) segurança dos transportes,
e) relações com órgãos e organizações internacionais de transportes,
f) Agência Europeia da Segurança Marítima, Agência Ferroviária Europeia, Agência Europeia para a Segurança da Aviação e Empresa Comum SESAR;
 
2. serviços postais;
 
3. turismo.
 
Difusões do dia
 
Nenhuma difusão hoje  
Biblioteca Multimédia
 
Palavras de boas-vindas
 
 

Dou-lhe as boas-vindas à página Web da Comissão dos Transportes e do Turismo.

Nesta página, poderá encontrar informações sobre os deputados e a atividade desenvolvida por esta comissão parlamentar, à qual presido desde 7 de julho de 2014.  
A comissão TRAN é parceira, em pé de igualdade com o Conselho no âmbito do processo da codecisão, para efeitos da definição de disposições legislativas nos domínios dos transportes, turismo e serviços postais.
 
É nosso objetivo garantir a mobilidade e, ao mesmo tempo, proteger o clima, uma vez que os transportes não só são responsáveis por 24% de todas as emissões de CO2 na UE, mas também o nível dessas emissões registou um aumento de 28% desde 1990. Nesse mesmo período, os agregados familiares viram as suas emissões diminuir em 24%, e a indústria inclusive em 32%. Por isso, sem uma alteração da mobilidade, não seremos capazes de travar as alterações climáticas.
 
Necessitamos de uma infraestrutura adequada e fiável, de regras justas para o conjunto do setor dos transportes, dos mais elevados padrões de segurança e de direitos vinculativos para os passageiros na Europa.
 
Há muito que a Comissão dos Transportes e do Turismo reconheceu isto e que se empenha em garantir uma mobilidade mais limpa, mais segura e a preços acessíveis na Europa – nomeadamente a nível transfronteiriço.
 
Michael Cramer