PROPOSTA DE RESOLUÇÃO
PDF 102kWORD 48k
29.1.2015
PE547.520v01-00
 
B8-0096/2015

apresentada nos termos do artigo 133.º do Regimento


sobre o reconhecimento pela Turquia do genocídio dos arménios residentes na Turquia em 1915


Gerolf Annemans, Marine Le Pen, Louis Aliot, Marie-Christine Arnautu, Nicolas Bay, Dominique Bilde, Marie-Christine Boutonnet, Steeve Briois, Mirreille D'Ornano, Edouard Ferrand, Sylvie Goddyn, Jean-François Jalkh, Gilles Lebreton, Philippe Loiseau, Dominique Martin, Joëlle Mélin, Bernard Monot, Sophie Montel, Florian Philippot, Jean-Luc Schaffhauser, Mylène Troszczynski, Matteo Salvini, Mara Bizzoto, Mario Borghezio, Gianluca Buonanno, Lorenzo Fontana, Marcel de Graaff, Hans Jansen, Olaf Stuger, Harald Vilimsky, Vicky Maeijer

Proposta de resolução do Parlamento Europeu sobre o reconhecimento pela Turquia do genocídio dos arménios residentes na Turquia em 1915  
B8‑0096/2015

O Parlamento Europeu,

–       Tendo em conta o artigo 133.º do seu Regimento,

–       Tendo em conta os inúmeros estudos e documentos históricos sobre a situação do grupo populacional dos arménios na Turquia nos princípios do século XX,

–       Tendo em conta a Convenção das Nações Unidas para a Prevenção e Repressão do Crime de Genocídio, na qual se define o conceito de genocídio,

–       Tendo em conta a Resolução de 18 de junho de 1987, sobre uma solução política da questão arménia,

–       Tendo em conta as resoluções mais recentes do Parlamento Europeu que, em maior ou menor grau, apelam a um reconhecimento do genocídio arménio em 1915,

–       Tendo em conta o artigo 133.º do seu Regimento,

A.     Considerando que estas resoluções ainda não levaram o governo turco a reconhecer o genocídio;

B.     Considerando que, decorrido um século sobre os factos, é chegado o momento da reconciliação;

1.      Apela ao governo turco para que reconheça oficialmente o genocídio que o último governo do Império Otomano cometeu em 1915 contra os arménios residentes na Turquia;

2.      Solicita ao Presidente do Parlamento que se encarregue de transmitir a presente resolução ao governo da Turquia, ao governo da Arménia, à Comissão, ao Conselho e aos Presidentes dos Parlamentos da República da Turquia e da República da Arménia.

 

Advertência jurídica