PROPOSTA DE RESOLUÇÃO
PDF 238kWORD 47k
10.1.2017
PE596.772v01-00
 
B8-0062/2017

apresentada nos termos do artigo 133.º do Regimento


sobre os riscos sísmicos ligados à extração de gás de xisto


Mireille D’Ornano

Proposta de resolução do Parlamento Europeu sobre os riscos sísmicos ligados à extração de gás de xisto  
B8-0062/2017

O Parlamento Europeu,

–  Tendo em conta os artigos 4.º, 11.º, 191.º e 194.º, do Tratado sobre o Funcionamento da União Europeia,

–  Tendo em conta o artigo 133.º do seu Regimento,

A.  Considerando que, em janeiro de 2016, foi atribuída à Total uma autorização de investigação relativa às reservas de gás de xisto, situadas nos departamentos franceses de Drôme e Ardèche;

B.  Considerando que, em setembro de 2016, a sociedade suíça Pétrosvibri realizou testes de extração de gás de xisto na região do Lago Léman, provocando a indignação dos suíços e saboianos;

C.  Considerando que, em março e maio de 2016, o Instituto Americano de Geologia manifestou a sua preocupação com os riscos sísmicos consideráveis ligados à fracturação hidráulica dos subsolos e ao seu enchimento com águas residuais;

D.  Considerando que, só em 2015, foram registados, nos Estados Unidos, mais de 900 tremores de terra de magnitude superior a 4, na sequência destas extrações;

E.  Considerando que a Comissão tem frequentemente referido, nas suas comunicações sobre o gás de xisto, os riscos para a saúde e o ambiente associados à poluição e ao aquecimento global, nomeadamente os riscos ligados à emissão de metano;

1.  Exorta a Comissão a ter em conta os riscos sísmicos ligados à extração de gás de xisto, publicando um estudo científico sobre a dimensão do fenómeno;

2.  Exorta a Comissão a rever a sua estratégia de segurança energética, que favorece a importação de gás de xisto proveniente dos EUA.

Advertência jurídica