PROPOSTA DE RESOLUÇÃO
PDF 153kWORD 47k
5.3.2018
PE621.666v01-00
 
B8-0273/2018

apresentada nos termos do artigo 133.º do Regimento


sobre uma utilização inteligente da Internet por parte dos adolescentes


Aldo Patriciello

Proposta de resolução do Parlamento Europeu sobre uma utilização inteligente da internet por parte dos adolescentes   
B8‑0273/2018

O Parlamento Europeu,

–  Tendo em conta o artigo 133.º do seu Regimento,

A.  Considerando que o uso que os menores fazem da Internet e das redes sociais é cada vez mais obsessivo e viciante, dado que não existem outros meios de evasão da vida real senão os que estas redes oferecem;

B.  Considerando que 37,7 % dos adolescentes (dos 12 aos 15 anos) navegam na Internet entre 2 a 4 horas por dia a partir do computador, ao passo que 41,1 % têm acesso a esta rede através do telemóvel;

C.  Considerando que, paralelamente ao aumento da navegação na Internet, têm também aumentado os casos de crianças com dependência deste sistema («Internet Addiction Disorder»), que se traduz sobretudo em distúrbios psíquicos e ações ou gestos incontroláveis, geralmente precedidos de um estado de ansiedade e seguidos de eventuais remorsos ou sentimentos de culpa;

D.  Considerando que, segundo a Associação Médica Canadiana, este problema é comparável ao alcoolismo, o qual, como outras patologias, provoca dependência, sintomas de abstinência, bem como problemas sociais, económicos e laborais;

1.  Insta a Comissão a avaliar a possibilidade de sensibilizar os adolescentes para a utilização da Internet, de modo a que façam um uso moderado do telemóvel e do computador, recordando-lhes que, por vezes, a vida real é mais gratificante do que uma vida imaginada.

Última actualização: 19 de Junho de 2018Advertência jurídica