Voltar ao portal Europarl

Choisissez la langue de votre document :

  • bg - български
  • es - español
  • cs - čeština
  • da - dansk
  • de - Deutsch
  • et - eesti keel
  • el - ελληνικά
  • en - English
  • fr - français
  • ga - Gaeilge
  • hr - hrvatski
  • it - italiano
  • lv - latviešu valoda
  • lt - lietuvių kalba
  • hu - magyar
  • mt - Malti
  • nl - Nederlands
  • pl - polski
  • pt - português (seleccionado)
  • ro - română
  • sk - slovenčina
  • sl - slovenščina
  • fi - suomi
  • sv - svenska
 Index 
 Texto integral 
Debates
Quarta-feira, 16 de Dezembro de 2015 - Estrasburgo Edição revista

Prorrogação do mandato do presidente da Autoridade Europeia dos Valores Mobiliários e dos Mercados (ESMA) (A8-0346/2015 - Roberto Gualtieri)
MPphoto
 
 

  Inês Cristina Zuber (GUE/NGL), por escrito. ‒ O primeiro presidente da ESMA foi nomeado em 2011 para um mandato de cinco anos. A ESMA é uma das três autoridades que fazem parte do Sistema Europeu de Supervisão Financeira (SESF). A ESMA tem por objetivo expresso salvaguardar a estabilidade do sistema financeiro da UE assegurando a integridade, a transparência, a eficiência e o bom funcionamento dos mercados de valores mobiliários, bem como reforçar a proteção dos investidores.

Criando a ilusão de que os problemas que estiveram na origem da crise financeira de 2007/2008 estão resolvidos, o SESF não alterou a questão de fundo da especulação financeira já que não pôs cobro aos mercados de derivados e aos paraísos fiscais e não instituiu a separação da banca comercial da de investimento. A história encarregar-se-á de mostrar que de pouco valeu a criação destas autoridades europeias.

 
Advertência jurídica