Voltar ao portal Europarl

Choisissez la langue de votre document :

  • bg - български
  • es - español
  • cs - čeština
  • da - dansk
  • de - Deutsch
  • et - eesti keel
  • el - ελληνικά
  • en - English
  • fr - français
  • ga - Gaeilge
  • hr - hrvatski
  • it - italiano
  • lv - latviešu valoda
  • lt - lietuvių kalba
  • hu - magyar
  • mt - Malti
  • nl - Nederlands
  • pl - polski
  • pt - português (seleccionado)
  • ro - română
  • sk - slovenčina
  • sl - slovenščina
  • fi - suomi
  • sv - svenska
 Index 
 Texto integral 
Debates
Terça-feira, 16 de Abril de 2019 - Estrasburgo Edição provisória

Conclusões da reunião do Conselho Europeu, de 10 de abril de 2019, sobre a saída do Reino Unido da União Europeia (debate)
MPphoto
 

  Ana Miranda (Verts/ALE). – Senhora Presidente, este domingo fui a Londres. Ali estive com a comunidade galega, que é muito numerosa, que vive no Reino Unido. Têm incertezas, incertezas quanto à livre circulação de pessoas, incertezas quanto aos serviços, incertezas também quanto à questão dos medicamentos. Trabalham, vivem e estudam no Reino Unido. Sentem-se europeus e europeias e não sabem o que vai acontecer.

O que dizer também, Presidente Tusk e Presidente Juncker, da política das pescas e dos serviços? A flexibilidade de que se fala hoje aqui neste derradeiro plenário desta legislatura é a nossa obrigação, como deputados europeus, a flexibilidade para dar também às pessoas que vivem no Reino Unido, e que se sentem europeias, certezas.

 
Última actualização: 7 de Junho de 2019Advertência jurídica