Voltar ao portal Europarl

Choisissez la langue de votre document :

  • bg - български
  • es - español
  • cs - čeština
  • da - dansk
  • de - Deutsch
  • et - eesti keel
  • el - ελληνικά
  • en - English
  • fr - français
  • ga - Gaeilge
  • hr - hrvatski
  • it - italiano
  • lv - latviešu valoda
  • lt - lietuvių kalba
  • hu - magyar
  • mt - Malti
  • nl - Nederlands
  • pl - polski
  • pt - português (seleccionado)
  • ro - română
  • sk - slovenčina
  • sl - slovenščina
  • fi - suomi
  • sv - svenska
 Index 
 Texto integral 
Debates
Quinta-feira, 18 de Abril de 2019 - Estrasburgo Edição revista

Ambiente de plataforma única europeia para o setor marítimo (debate)
MPphoto
 

  José Inácio Faria (PPE). – Senhor Presidente, Senhora Comissária, Colega Deirdre, as novas tecnologias estão a alterar rapidamente o panorama da mobilidade e, neste contexto, a União e as indústrias devem responder ao desafio de se tornarem líderes mundiais da mobilidade.

Fui relator do MRV sobre as emissões de CO2 dos transportes marítimos e, por isso, entendo que este regulamento era o passo seguinte para estabelecer as regras harmonizadas para a prestação de informações exigidas para as escalas portuárias, assegurando a transmissão de informações entre declarantes, autoridades competentes e prestadores de serviços portuários através da plataforma nacional única.

Estas plataformas nacionais para o setor marítimo devem ser mantidas e servir de base para o ambiente europeu de plataforma única para este setor que seja tecnologicamente neutro, interoperável e que permita a atualização tecnológica e dos requisitos formais de acesso portuário. Recairá agora na Comissão o desenvolvimento da interface, bem como das respetivas atualizações. Mas, para atingir este objetivo de manter e obter os requisitos de comunicação plenamente harmonizados, teremos que ter uma maior cooperação entre autoridades aduaneiras e marítimas, tanto a nível nacional como a nível da União.

Termino, Senhor Presidente, agradecendo a colaboração sempre excelente da Senhora Comissária Violeta Bulc, bem como de todos os colegas aqui do Parlamento, especialmente na Comissão de Transportes.

 
Última actualização: 8 de Julho de 2019Advertência jurídica