Voltar ao portal Europarl

Choisissez la langue de votre document :

  • bg - български
  • es - español
  • cs - čeština
  • da - dansk
  • de - Deutsch
  • et - eesti keel
  • el - ελληνικά
  • en - English
  • fr - français
  • ga - Gaeilge
  • hr - hrvatski
  • it - italiano
  • lv - latviešu valoda
  • lt - lietuvių kalba
  • hu - magyar
  • mt - Malti
  • nl - Nederlands
  • pl - polski
  • pt - português (seleccionado)
  • ro - română
  • sk - slovenčina
  • sl - slovenščina
  • fi - suomi
  • sv - svenska
Perguntas Parlamentares
PDF 28kWORD 24k
9 de setembro de 2019
E-002328/2019(ASW)
Resposta dada por Vytenis Andriukaitis em nome da Comissão Europeia
Referência da pergunta: E-002328/2019

A Comissão tem plena consciência do peso da doença de Alzheimer.

O Programa Horizonte 2020(1) financia atualmente a investigação sobre o cérebro com 3,2 mil milhões de EUR(2). A Comissão apoia igualmente os esforços tendentes a coordenar a investigação da doença de Alzheimer da Iniciativa de Programação Conjunta sobre Doenças Neurodegenerativas(3) e a Iniciativa sobre Medicamentos Inovadores(4), uma parceria público-privada que criou uma plataforma(5) em que colaboram empresas e universidades.

Além disso, a Comissão apoia os Estados-Membros e as partes interessadas na aplicação das melhores práticas no domínio da saúde mental, nomeadamente no da doença de Alzheimer, a nível nacional e regional. O quadro da UE para a saúde mental e o bem-estar e o EU-Compass para ações no domínio da saúde mental e do bem-estar fornecem exemplos de boas práticas e metodologias que os Estados-Membros podem utilizar para complementar as suas iniciativas nacionais(6).

O grupo de peritos na área da demência, à semelhança de outros grupos de peritos, por exemplo o grupo de peritos na área do cancro, foram substituídos pelo Grupo diretor sobre promoção da saúde, prevenção da doença e gestão de doenças não transmissíveis(7), dos Estados-Membros, um grupo de alto nível que formula orientações e seleciona as melhores práticas com vista à sua transferência entre os países, no intuito de os ajudar a alcançar os objetivos de desenvolvimento das Nações Unidas e de adotar uma abordagem horizontal das doenças não transmissíveis.

O Grupo Diretor acordou em que a saúde mental será um domínio prioritário para a seleção das melhores práticas em 2019. Em maio de 2019, foram apresentados aos Estados-Membros as melhores práticas em matéria de saúde mental e os resultados de investigação com aplicações práticas (incluindo os projetos financiados pelo Programa de Saúde e o Programa Horizonte 2020). Os países poderão agora eleger as suas iniciativas preferidas desse grupo, para serem executadas com um eventual financiamento da UE.

(1)Programa-Quadro de Investigação e Inovação da UE (2014-2020).https://ec.europa.eu/programmes/horizon2020/en
(2)EUR 303 million have been allocated to Alzheimer’s disease under Horizon 2020 through the «Health, demographic change and wellbeing» societal challenge, as well as the «Excellent science» and «Industrial leadership» pillarshttp://ec.europa.eu/programmes/horizon2020/en/h2020-section/health-demographic-change-and-wellbeing
(3)https://www.neurodegenerationresearch.eu/
(4)https://www.imi.europa.eu/
(5)https://www.imi.europa.eu/news-events/press-releases/innovative-medicines-initiative-alzheimers-disease-projects-launch-joint
(6)https://ec.europa.eu/health/non_communicable_diseases/mental_health_en
(7)https://ec.europa.eu/health/non_communicable_diseases/steeringgroup_promotionprevention_en

Última actualização: 23 de Setembro de 2019Advertência jurídica