Index 
 Anterior 
 Seguinte 
 Texto integral 
Processo : 2014/0059(COD)
Ciclo de vida em sessão
Ciclo relativo ao documento : A8-0141/2015

Textos apresentados :

A8-0141/2015

Debates :

PV 19/05/2015 - 3
CRE 19/05/2015 - 3
PV 15/03/2017 - 14
CRE 15/03/2017 - 14

Votação :

PV 20/05/2015 - 10.7
CRE 20/05/2015 - 10.7
Declarações de voto
PV 16/03/2017 - 6.5
Declarações de voto

Textos aprovados :

P8_TA(2015)0204
P8_TA(2017)0090

Ata
Quarta-feira, 15 de Março de 2017 - Estrasburgo

14. Dever de diligência nas cadeias de aprovisionamento dos importadores de minerais e metais provenientes de zonas de conflito e de alto risco(debate)
CRE

Relatório sobre a proposta de regulamento do Parlamento Europeu e do Conselho que institui um sistema da União para a autocertificação, no quadro do dever de diligência nas cadeias de aprovisionamento, dos importadores responsáveis de estanho, de tungsténio e de tântalo, dos seus minérios e de ouro provenientes de zonas de conflito e de alto risco [COM(2014)0111 - C7-0092/2014 - 2014/0059(COD)] - Comissão do Comércio Internacional. Relator: Iuliu Winkler (A8-0141/2015)

Iuliu Winkler apresenta o relatório.

Intervenção de Cecilia Malmström (Comissária).

Intervenções de Bogdan Brunon Wenta (relator do parecer da Comissão DEVE), Daniel Caspary, em nome do Grupo PPE, Maria Arena, em nome do Grupo S&D, Dita Charanzová, em nome do Grupo ALDE, Helmut Scholz, em nome do Grupo GUE/NGL, Molly Scott Cato, em nome do Grupo Verts/ALE, Tiziana Beghin, em nome do Grupo EFDD, Franz Obermayr, em nome do Grupo ENF, que responde igualmente a uma pergunta "cartão azul" de Maria Grapini, Lampros Fountoulis (Não Inscritos), Joachim Zeller, David Martin, que responde igualmente a uma pergunta "cartão azul" de Paul Rübig, Louis Michel, Eleonora Forenza, Jean-Luc Schaffhauser, Bernd Lange, Lola Sánchez Caldentey, Seb Dance, Inmaculada Rodríguez-Piñero Fernández, Emmanuel Maurel e Karoline Graswander-Hainz.

Intervenções segundo o procedimento "catch the eye" de Nicola Caputo, Notis Marias, Kateřina Konečná e Igor Šoltes.

Intervenções de Cecilia Malmström e Iuliu Winkler.

O debate é dado por encerrado.

Votação: ponto 6.5 da Ata de 16.3.2017.

Advertência jurídica