Index 
 Anterior 
 Seguinte 
 Texto integral 
Processo : 2017/0237(COD)
Ciclo de vida em sessão
Ciclo relativo ao documento : A8-0340/2018

Textos apresentados :

A8-0340/2018

Debates :

PV 14/11/2018 - 22
CRE 14/11/2018 - 22

Votação :

PV 15/11/2018 - 5.5
Declarações de voto

Textos aprovados :

P8_TA(2018)0462

Ata
Quarta-feira, 14 de Novembro de 2018 - Estrasburgo

22. Direitos e obrigações dos passageiros dos serviços ferroviários ***I (debate)
CRE

Relatório sobre a proposta de regulamento do Parlamento Europeu e do Conselho relativos aos direitos e obrigações dos passageiros dos serviços ferroviários (reformulação) [COM(2017)0548 - C8-0324/2017 - 2017/0237(COD)] - Comissão dos Transportes e do Turismo. Relator: Bogusław Liberadzki (A8-0340/2018)

Bogusław Liberadzki apresenta o relatório.

Intervenção de Violeta Bulc (Comissária).

Intervenções de Dennis de Jong (relator do parecer da Comissão IMCO), Renaud Muselier, em nome do Grupo PPE, Lucy Anderson, em nome do Grupo S&D, Kosma Złotowski, em nome do Grupo ECR, Jens Rohde, em nome do Grupo ALDE, Michael Cramer, em nome do Grupo Verts/ALE, Tania González Peñas, em nome do Grupo GUE/NGL, Daniela Aiuto, em nome do Grupo EFDD, Georg Mayer, em nome do Grupo ENF, Lampros Fountoulis (Não Inscritos), Dieter-Lebrecht Koch, Isabella De Monte, Jacqueline Foster, Matthijs van Miltenburg, Karima Delli, Kateřina Konečná, Marie-Christine Arnautu, Innocenzo Leontini e Christine Revault d'Allonnes Bonnefoy.

PRESIDÊNCIA: Evelyne GEBHARDT
Vice-Presidente

Intervenções de Mark Demesmaeker, Pavel Telička, Adam Szejnfeld, Inés Ayala Sender, Izaskun Bilbao Barandica, Claudia Țapardel, Karoline Graswander-Hainz, Olga Sehnalová, Maria Grapini, Nicola Danti, Arndt Kohn e John Howarth.

Intervenções, segundo o procedimento "catch the eye", de Bogdan Andrzej Zdrojewski, Rory Palmer, Notis Marias e Zigmantas Balčytis.

Intervenções de Violeta Bulc e Bogusław Liberadzki.

O debate é dado por encerrado.

Votação: ponto 5.5 da Ata de 15.11.2018.

Última actualização: 27 de Fevereiro de 2019Advertência jurídica