Index 
 Anterior 
 Seguinte 
 Texto integral 
Processo : 2018/0061(COD)
Ciclo de vida em sessão
Ciclo relativo ao documento : A8-0434/2018

Textos apresentados :

A8-0434/2018

Debates :

PV 17/04/2019 - 14
CRE 17/04/2019 - 14

Votação :

PV 11/12/2018 - 5.14
CRE 11/12/2018 - 5.14
PV 17/04/2019 - 16.9
CRE 17/04/2019 - 16.9

Textos aprovados :

P8_TA(2018)0495
P8_TA(2019)0416

Ata
Quarta-feira, 17 de Abril de 2019 - EstrasburgoEdição definitiva

14. Código Comunitário de Vistos ***I (debate)
CRE

Relatório sobre a proposta de regulamento do Parlamento Europeu e do Conselho que altera o Regulamento (CE) n.º 810/2009 que estabelece o Código Comunitário de Vistos (Código de Vistos) [COM(2018)0252 - C8-0114/2018 - 2018/0061(COD)] - Comissão das Liberdades Cívicas, da Justiça e dos Assuntos Internos. Relator: Juan Fernando López Aguilar (A8-0434/2018)

O assunto fora devolvido à comissão competente, nos termos do artigo 59.º, n.º 4, do Regimento, em 11 de dezembro de 2018 (ponto 5.14 da Ata de 11.12.2018).

Juan Fernando López Aguilar apresenta o relatório.

Intervenção de Dimitris Avramopoulos (Comissário).

Intervenções de Isabella De Monte, em nome do Grupo S&D, Heinz K. Becker, em nome do Grupo PPE, Tanja Fajon, em nome do Grupo S&D, Helga Stevens, em nome do Grupo ECR, Gérard Deprez, em nome do Grupo ALDE, Marie-Christine Vergiat, em nome do Grupo GUE/NGL, Bodil Valero, em nome do Grupo Verts/ALE, Tim Aker, em nome do Grupo EFDD, Gilles Lebreton, em nome do Grupo ENF, Agustín Díaz de Mera García Consuegra, Claude Moraes, Marek Jurek, Cecilia Wikström, Martina Anderson, Ignazio Corrao, Carlos Coelho e Cécile Kashetu Kyenge.

Intervenções segundo o procedimento "catch the eye" de Michaela Šojdrová, Notis Marias, Bill Etheridge e Ruža Tomašić.

Intervenções de Miguel Arias Cañete (Comissário) e Juan Fernando López Aguilar.

O debate é dado por encerrado.

Votação: ponto 16.9 da Ata de 17.4.2019.

(A sessão é suspensa por alguns instantes enquanto se aguarda o período de votação.)

Última actualização: 6 de Agosto de 2019Advertência jurídica