Accesso directo à navegação principal (Premir "enter")
Acesso aos conteúdos da página (clicar sobre "Entrar")
Accesso directo a lista de outros sítios Web (Premir "enter")
Choose who is in charge TST icon
Em destaque :

Escolha quem decide - A importância de votar

Instituições 16-05-2014 - 12:48
 
 

Uma estudante, dois designers, uma empresária, um agricultor… São apenas alguns dos 400 milhões de europeus que vão escolher quem decide na Europa nas eleições europeias entre 22 e 25 de maio. “Temos a oportunidade de pertencer a algo verdadeiramente grande (…) Temos que ser uma parte ativa. Temos que votar”, afirma Ricardo, um paisagista reformado. Saiba mais sobre Ricardo e os outros eleitores nos nossos vídeos e inspire-se! (Ler mais: Inspire-se e vote! )

“Acredito que no futuro poderei fazer aquilo que mais gosto”, afirma Aliki. Esta estudante de 22 anos de Atenas vai votar nas próximas eleições europeias de 22-25 de maio. (Ler mais: Porque voto – Aliki)

“Penso que o mais importante e o mais difícil é encontrar um emprego. Especialmente para as mulheres que regressam da licença de maternidade”, explica Magdaléna, uma operária fabril da Eslováquia que deseja que a sua voz seja ouvida. É por esta razão que vai participar nas próximas eleições europeias. (Ler mais: Porque voto - Magdaléna)

Para Ricardo, a vida não podia parar com a reforma. Paisagista reformado e membro de várias organizações não-governamentais, este espanhol ativo quer escolher quem decide na Europa. “Temos a oportunidade de pertencer a algo verdadeiramente grande (…) Temos que ser uma parte ativa. Temos que votar”, afirma. (Ler mais: Porque voto - Ricardo)

Tom é um belga de 34 anos. Gere uma empresa de produção de tomate que emprega trabalhadores de toda a União Europeia. “Seria mais fácil se se aplicassem as mesmas regulamentações para todos os residentes da União Europeia”, afirma Tom. (Ler mais: Porque voto - Tom)

Jens e Sedsel são designers dinamarqueses. Um casal na vida pessoal e na vida profissional. “Um bom motivo para votarmos nas eleições europeias é o facto de podermos", afirma Jens. (Ler mais: Porque voto - Jens e Sedsel)

Trish faz parte dos 400 milhões de europeus que vão eleger o novo Parlamento Europeu. “É importante que eu vote nas eleições europeias porque como pequeno país que somos, podemos ter uma voz ativa na Europa”, afirma a empresária irlandesa. (Ler mais: Porque voto - Trish)

“Temos de votar por um futuro melhor para nós e para as nossas crianças”, afirma Dina, mãe de duas crianças pequenas que vive com a família em Riga, Letónia. (Ler mais: Porque voto - Vadims, Dina, Matvejs e Ksenija)

Wegene e Rudi são um casal que vive na Áustria. Um acidente de esqui deixou Rudi paraplégico. Apesar das dificuldades, Rudy acredita que as pessoas que utilizam cadeira de rodas podem ter uma boa qualidade de vida, especialmente na Europa, onde as infraestruturas são boas e onde há boa aceitação. (Ler mais: Porque voto - Wegene e Rudi)

Nos últimos anos a crise económica na Europa obrigou a escolhas muito dificeis e prevê-se que sejam necessárias mais. Que direção para a UE? De 22 a 25 de maio terá a oportunidade de ter uma palavra a dizer na forma como a Europa deve ser dirigida. Assista ao anúncio de televisão do Parlamento Europeu sobre as eleições para saber mais. (Ler mais: Eleições Europeias: Escolha quem decide)

REF. : 20140428TST45332
 
 
400 milhões de europeus
têm o direito de votar nas eleições europeias.
(Ler mais)
Explorar a UE: eleger o futuro da Europa
 

Aperte o cinto e prepare-se para uma viagem pelas eleições europeias, com a EPTV a assinalar como é decidido o equilíbrio de poder no Parlamento e quem é elegível para votar.