Accesso directo à navegação principal (Premir "enter")
Acesso aos conteúdos da página (clicar sobre "Entrar")
Accesso directo a lista de outros sítios Web (Premir "enter")
Fotografia: torres de moedas
Em destaque :

Dinheiro. Gastar com sageza. - Os benefícios do orçamento da UE

Orçamento / Assuntos económicos e monetários 04-12-2013 - 11:45 / Atualizado em: 20-03-2014 - 11:50
 
 

O Parlamento aprovou em novembro o Quadro Financeiro Plurianual para os próximos sete anos, no valor de 960 mil milhões de euros. Mas qual é o valor acrescentado do investimento do orçamento europeu nos Estados-Membros? Que valores devem ser apoiados por este investimento? Estas foram duas das questões colocadas na conferência interativa ReACT, realizada a 5 de dezembro, em Frankfurt, Alemanha. (Ler mais: ReACT em Frankfurt: investir nos valores europeus)

O que faz a UE com o seu dinheiro? Investe-o com sensatez? Promove o crescimento sustentável? Estas foram algumas das questões debatidas na conferência ReAct, organizada a 5 de dezembro, em Frankfurt. Durante o evento, especialistas e cidadãos trocaram os seus pontos de vista sobre como retirar o máximo proveito do orçamento da UE. A conferência encerrou com um amplo acordo: os fundos da UE devem não só promover o crescimento económico mas também a solidariedade. (Ler mais: ReAct Frankfurt: a UE não é apenas um projeto económico, é uma comunidade de valores)

Após vários meses de complexas negociações, o Parlamento Europeu aprovou hoje o orçamento a longo prazo da UE para 2014-2020. O Parlamento considera que estão agora preenchidas todas as condições exigidas na sua resolução de julho. O orçamento para os próximos sete anos é de 960 mil milhões de euros em dotações de autorização e 908 mil milhões de euros em dotações de pagamento (a preços de 2011). (Ler mais: Parlamento Europeu aprova quadro financeiro plurianual 2014-2020 )

Cerca de um terço do orçamento da UE é investido todos os anos nas regiões europeias. A política regional da UE estimula o crescimento, a criação de emprego, a competitividade, a qualidade de vida e o desenvolvimento sustentável e contribuiu para reduzir as disparidades regionais e sociais. O Parlamento Europeu vota, esta semana, o orçamento de longo-prazo da UE e a reforma das regras dos fundos da política regional. Conheçamos quatro projetos cofinanciados pela política regional da UE. (Ler mais: Política regional da UE: estimulando as economias locais)

Investimento, crescimento, emprego, infraestruturas, crise, austeridade são algumas das palavras-chave no trabalho diário do Presidente do Banco Europeu de Investimento (BEI). Entrevistámos Werner Hoyer durante a sua visita ao Parlamento Europeu, a 25 de novembro, altura em que apresentou o relatório anual de 2012 do BEI aos eurodeputados da Comissão Controlo Orçamental. (Ler mais: Hoyer: "Só quando a situação melhorar no terreno é que poderemos afirmar que a crise terminou.")

REF. : 20131203TST29601
 
 
O orçamento da UE
 
DINHEIRO. GASTAR COM SAGEZA.
 

Este vídeo de animação com 60 segundos, dá-lhe uma ideia sobre como a UE investe o seu dinheiro.

 
Conferência ReACT em Frankfurt
 

Os cidadãos refletem sobre o valor de investir nos valores europeus em Frankfurt.

 
Assoberbado com o orçamento da UE?
 

Como é feito o orçamento comunitário? Pagamos uma fortuna para financiá-lo? Como beneficiam os Estados-Membros? A EPTV esclarece as grandes questões sobre o orçamento.

 
Fim da batalha orçamental, com a aprovação do acordo para 2014-2020
 

Os eurodeputados aprovaram o orçamento a longo prazo por clara maioria, mas enquanto alguns celebravam, outros expressaram reservas.