Paulo RANGEL
  • Paulo
    RANGEL
  • Grupo do Partido Popular Europeu (Democratas-Cristãos)
  • Vice-Presidente
  • Portugal Partido Social Democrata
  • Nascido em 18 de Fevereiro de 1968, V.N. Gaia

Presidente

  • D-BR Delegação para as relações com a República Federativa do Brasil

Vice-Presidente

  • AFCO Comissão dos Assuntos Constitucionais

Membro

  • CPDE Conferência dos Presidentes das Delegações
  • DMER Delegação para as relações com o Mercosul
  • DLAT Delegação à Assembleia Parlamentar Euro-Latino-Americana

Membro suplente

  • AFET Comissão dos Assuntos Externos
  • D-RU Delegação à Comissão Parlamentar de Cooperação UE-Rússia

Últimas atividades

  • Partilho um registo da passagem -marcante- do Papa Francisco pelo Parlamento Europeu em Estrasburgo.
    25/11/2014 13:24 - facebook
  • São abundantes os sinais de desgaste do regime. Não são sequer sinais privativos da experiência política portuguesa: estão disseminados, com matizes e diferenças, por todo o continente europeu. De há muito que comungo da ideia de que há uma “fadiga do regime” e de que algumas rupturas – mesmo institucionais – são necessárias e/ou convenientes. Um processo judicial com este impacto político e institucional no sistema reforça o sentimento de desencanto e de desconfiança da opinião pública e dos eleitores em face da classe política. E nesse sentido, pode favorecer a onda daqueles que, por boas ou por más razões, querem regenerar ou renovar o regime. As análises políticas dos efeitos de um caso judicial com estes contornos, têm-se cingido, porém, ao impacto que ele pode ter nas eleições legislativas do próximo ano. Uns, achando que criará o pasto para finalmente surgir um poderoso movimento populista “anti-políticos”; outros, crendo que apenas alterará as expectativas de partida quanto ao resultado das diferentes forças políticas; outros ainda, debruçando-se sobre o modo como o PS deverá encarar este difícil transe. Curiosamente, todos parecem ter olvidado o efeito que o caso pode ter sobre as eleições presidenciais. E nem tudo se esgota na dança dos nomes, que o processo, de um ou de outro modo, também afectará. A ideia de reforma do regime e de revigoramento das instituições parece-se adequar-se mais a um programa presidencial do que a um cardápio legislativo.
    25/11/2014 09:53 - facebook

Assistentes acreditados

  • FERREIRA DE CARVALHO Marta
  • GRISARD Séverine
  • VILLAS-BÔAS Goncalo

Contactos

Bruxelles

  • Parlement européen
    Bât. Altiero Spinelli
    08E130
    60, rue Wiertz / Wiertzstraat 60
    B-1047 Bruxelles/Brussel

Strasbourg

  • Parlement européen
    Bât. Louise Weiss
    T09019
    1, avenue du Président Robert Schuman
    CS 91024
    F-67070 Strasbourg Cedex

Endereço postal

  • European Parliament
    Rue Wiertz
    Altiero Spinelli 08E130
    1047 Brussels

Europarl TV