• No dia 2 de maio, às 13h00, o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, vai apresentar aos eurodeputados as propostas relativas ao quadro financeiro plurianual (QFP) da União Europeia (UE) para 2021-2027, que vão ser divulgadas nesse dia. O Parlamento Europeu (PE) votou a sua posição sobre o próximo QFP e a reforma do sistema de recursos próprios da UE no dia 14 de março. O QFP terá de ser acordado por unanimidade pelos Estados-Membros e aprovado pelo PE para poder entrar em vigor.

  • O primeiro-ministro da Bélgica, Charles Michel, vai ser o quinto líder europeu a participar no ciclo de debates no PE sobre o futuro da Europa, que se realiza na quinta-feira, às 9h00.

  • O apoio ao jornalismo de investigação, a criação de uma entidade reguladora independente para monitorizar as ameaças contra jornalistas, a independência e a sustentabilidade do serviço público e o problema da propagação de desinformação ou de “notícias falsas” são alguns dos assuntos abordados num relatório sobre o pluralismo e a liberdade dos meios de comunicação social na UE, que vai ser votado na quinta-feira, 3 de maio, Dia Mundial da Liberdade de Imprensa.

  • A UE deve liderar os esforços para se alcançar um acordo internacional que proíba, a nível mundial, os ensaios de produtos cosméticos em animais antes de 2023, com base no modelo da legislação europeia, diz uma proposta de resolução que vai ser debatida com o Conselho e a Comissão na quarta-feira e votada no dia seguinte. Cerca de 80% dos países do mundo continuam a permitir os ensaios em animais e a comercialização de cosméticos ensaiados em animais.

  • Migração / Luta contra a fraude / Coesão e transportes