Edifícios do Parlamento Europeu  

Edifício do Parlamento Europeu © Parlamento Europeu.  

De acordo com o que foi decidido pelos chefes de governo dos Estados-Membros da UE (Conselho Europeu) em 1992, o Parlamento Europeu tem três locais de trabalho: Estrasburgo (a sua sede oficial), Bruxelas e Luxemburgo. Possui um total de 29 edifícios nos três locais de trabalho. Tem igualmente alguns edifícios noutros Estados-Membros onde existem Gabinetes de Ligação do Parlamento Europeu.


TOTAL

Bruxelas

Estrasburgo

Luxemburgo

Número de imóveis

29

18

5

6

Superfície total, em m2:

1 203 715

661 913

343 930

197 872


O Parlamento tem vindo gradualmente a comprar os edifícios que utiliza nos seus principais locais de trabalho, uma vez que, a médio e longo prazo, comprar é mais rentável do que arrendar. Para dar resposta às necessidades de mais espaço para gabinetes, em consequência, por exemplo, dos alargamentos da UE em 2004, o PE preferiu, sempre que possível, comprar edifícios, em vez de os arrendar. O mesmo se passa cada vez mais com os Gabinetes de Ligação do Parlamento Europeu nos Estados-Membros.


Comprar significa economizar muito dinheiro — a longo prazo, é entre 40% e 50% mais barato comprar do que arrendar, de acordo com o Tribunal de Contas. Globalmente, o Parlamento detém 87,5 % dos seus edifícios (arrenda 151 300 m2 e é proprietário de 1 052 400 m2). Arrendá-los custaria cerca de 163 milhões de euros por ano.