Partilhar esta página: 

Descubra o significado da economia circular e os seus benefícios para o ambiente, para o crescimento económico e para o dia-a-dia dos cidadãos no nosso vídeo e infografia.

Todos os anos produzem-se 2,5 mil milhões de toneladas de lixo na União Europeia. A UE encontra-se atualmente a atualizar a sua legislação relativa à gestão de resíduos para promover a mudança de uma economia linear para uma economia circular. Mas do que falamos quando mencionamos economia circular? Quais são as razões e as vantagens de tal mudança?

Economia circular

A economia circular é um modelo de produção e de consumo que envolve a partilha, a reutilização, a reparação e a reciclagem de materiais e produtos existentes, alargando o ciclo de vida dos mesmos. Na prática, a economia circular implica a redução do desperdício ao mínimo. Quando um produto chega ao fim do seu ciclo de vida, os seus materiais são mantidos dentro da economia sempre que possível, podendo ser utilizados uma e outra vez, criando assim mais valor.

A economia circular contrasta com o modelo económico linear baseado no princípio “produz- utiliza-deita fora”. Este modelo exige vastas quantidades de materiais a baixo preço e de fácil acesso e muita energia. A obsolescência programada contra a qual o Parlamento Europeu pede medidas também faz parte deste modelo.

Os problemas da economia linear

A economia linear aliada ao aumento da população mundial tem causado uma procura crescente por matérias-primas, muitas delas escassas e finitas. Para além da dependência de alguns países da UE de outros países para as matérias-primas necessárias, a extração e a utilização destas matérias-primas aumentam o consumo de energia e as emissões de CO2 com um grande impacto no ambiente.

Benefícios da economia circular

Medidas para a prevenção de resíduos e para a promoção do design ecológico ou da reutilização podem significar poupanças líquidas no valor de 600 mil milhões de euros, ou 8% do volume de negócios anual, para as empresas na UE e a redução das emissões anuais totais de gases com efeito de estufa em 2-4%.

A economia circular pode ainda trazer benefícios como a redução da pressão no ambiente; maior segurança no aprovisionamento de matérias-primas; aumento da competitividade e promoção da inovação, crescimento e emprego (criação de 580 000 postos de trabalho na UE).

A economia circular também pode fornecer aos consumidores produtos mais duradouros ​​e inovadores.