Partilhar esta página: 

Artigos 

Refugiados com água pela cintura na chegada à Grécia        

A migração representa desafios e oportunidades para a Europa. Saiba como a UE lida com imigração, o aumento dos pedidos de asilo e a crise de refugiados.

Uma criança num campo de refugiados        

A UE tem enfrentado, nos últimos anos, a pior crise de refugiados desde o final da Segunda Guerra Mundial. Continue a ler para saber mais.

Homens, mulheres e crianças caminham ao longo de um caminho de ferro na Hungria ©UNHCR/Mark Henley        

As estatísticas podem ajudar a compreender a dimensão da crise de refugiados na Europa. Continue a ler e descubra os últimos números sobre a situação.

Fotografia de um barco com refugiados a ser parado pela guarda costeira grega        

A crise de migração revelou deficiências no sistema de asilo da Europa, levando a UE a tomar medidas. Saiba mais sobre a resposta do Parlamento à crise.

Artigos 

Serbia. Refugees and migrants transit through the Balkans        
Comunicado de imprensa 

Comunicado de imprensa 

A reforma das regras europeias de asilo deve incluir um mecanismo para a receção e atribuição centralizada dos pedidos de asilo a nível da UE, em que cada requerente solicitaria asilo ao conjunto da União e não a um Estado-Membro específico, sugere um relatório hoje aprovado na comissão parlamentar das Liberdades Cívicas. Os eurodeputados defendem também a atribuição de vistos humanitários, que poderiam ser requeridos nas embaixadas e nos consulados da União nos países de origem ou trânsito.

As MPE Kashetu Kyenge e Roberta Metsola, coautoras de um relatório alargado sobre migração, respondem a receios relativos à devolução de refugiados à Turquia e a outras questões.
       

A crise de migração é enorme desafio político em vários Estados-Membros da UE. As eurodeputadas italianas Kashetu Kyenge (S&D) e Roberta Metsola (PPE) que prepararam um relatório que defende uma "abordagem holística" para a migração debatido e votado esta terça-feira em plenário e responderam às perguntas dos seguidores da página de Facebook do Parlamento Europeu sobre a crise dos refugiados e o acordo com a Turquia. Assista ao vídeo.

Artigos 

Award-winning French photojournalist Marie Dorigny travelled to Greece, the Former Yugoslav Republic of Macedonia and Germany from December 2015 to January 2016 at the request of the EP seeking to capture on film the plight of women refugees ahead of this year's International Women's Day. © Marie Dorigny / European Union 2015        
Comunicado de imprensa 

Comunicado de imprensa 

O Parlamento Europeu apelou hoje aos Estados-Membros para terem em conta as necessidades de proteção específicas das mulheres e raparigas que requerem asilo na UE. Num relatório aprovado no Dia Internacional da Mulher, os eurodeputados propõem a adoção de orientações europeias em matéria de género no âmbito das reformas da política de migração e asilo e pedem que sejam tomadas medidas nos centros de acolhimento para prevenir a violência contra as mulheres e garantir os seus direitos.

passaporte sírio  © UNHCR/Achilleas Zavallis        

Os deputados debatem esta quarta-feira, 9 de março, as medidas apresentadas na cimeira UE-Turquia, para responder à crise de refugiados. Entre as propostas incluem-se a iniciativa de reinstalar, por cada sírio readmitido pela Turquia proveniente das ilhas gregas, outro sírio proveniente da Turquia nos Estados-Membros da UE. Jeanine Hennis-Plasschaert, da presidência neerlandesa do Conselho da UE e o vice-presidente da Comissão Europeia Valdis Dombrovskis também participam no debate.

Artigos 

Parliament President Schulz on Turkey's request for an additional €3 billion in aid and on linking the refugee crisis to the country's EU accession talks.
       

Temos de colaborar com a Turquia para o bem dos refugiados, afirmou Presidente do Parlamento Europeu, após o encontro, com o primeiro-ministro turco, Ahmet Davutoğlu, esta segunda feira, 7 de março. A crise dos refugiados, o controlo das fronteiras, a liberalização dos vistos e a liberdade de imprensa na Turquia foram alguns dos tópicos em debate na reunião que antecipou o encontro entre os chefes de Estado e de governo da UE e o governo turco para debater formas de conter o fluxo de migrantes.

Image of a Syrian refugee camp        

O conflito e a crise humanitária na Síria têm sido acompanhados de perto pelo Parlamento Europeu. Recentemente os eurodeputados urgiram os Estados-Membros a assegurar o financiamento no valor de 3 mil milhões do mecanismo de apoio aos refugiados na Turquia, país que acolhe mais de 2,5 milhões de refugiados sírios. Duas delegações de eurodeputados viajam até à Turquia esta semana para avaliar a situação no terreno.

criança refugiada ao colo da mãe. ©UNHCR/Mark Henley        

A Europa continua a tentar encontrar uma resposta eficaz para a crise de refugiados e migração, que segundo o comissário europeu Avramopoulos “continua a piorar”. O aumento do “populismo” põe em causa a unidade, acrescentou o comissário europeu durante uma reunião com os eurodeputados a 14 de janeiro. Avramopoulos apelou aos países para cumprirem as suas promessas e mostrarem solidariedade aos outros países da UE. "Se Schengen colapsar será o princípio do fim do projeto europeu”, alertou.

European Parliament plenary debate on recent terrorist attacks in Paris        
Comunicado de imprensa 

Comunicado de imprensa 

Os ataques perpetrados em Paris em 13 de novembro e as medidas antiterroristas adotadas ou em discussão na UE, incluindo na reunião dos ministros da Justiça e da Administração Interna na passada sexta-feira, foram o tema central de um debate entre os eurodeputados, o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, e o ministro luxemburguês Nicolas Schmit, em representação do Conselho, que se realizou na quarta-feira de manhã, no plenário de Estrasburgo.

Schulz em Lesbos        

O Presidente do PE esteve em Atenas, na quarta-feira, para assistir à primeira recolocação de refugiados da Grécia para o Luxemburgo. Na quinta deslocou-se até Lesbos para visitar o primeiro centro operacional de registo e identificação de refugiados (“hotspot”), onde mais de 2500 pessoas são registadas diariamente. "Temos de completar urgentemente esta rede de centros, mas para poderem ser eficazes temos de poder recolocar refugiados em todos os Estados-Membros", afirmou Schulz.

Artigos 

infographic illustration        

Milhões de pessoas desalojadas e centenas de milhares a tentar alcançar desesperadamente os países vizinhos e a Europa: o conflito sírio pode ser a maior crise humanitária desde a II Guerra Mundial. "A União Europeia está a ser desafiada como nunca o foi. A crise de migração e refugiados não vai desaparecer se a ignorarmos. Só vai piorar”, afirmou o Presidente Martin Schulz a 12 de novembro, durante a cimeira dedicada à migração em Malta.

EPlenary live: debate on refugee crisis with Presidents Juncker and Tusk        
Comunicado de imprensa 

Comunicado de imprensa 

Os desafios colocados pela migração e pela crise dos refugiados revelam o fosso entre aqueles que querem que estes sejam resolvidos a nível da União Europeia e os que pretendem aproveitar esta crise para liquidar o projeto europeu, segundo as intervenções de vários eurodeputados no debate em plenário sobre as respostas à crise migratória.

Commissioner Dimitris AVRAMOPOULOS, next to EC VP Frans Timmermans, pictured during the debate on the Conclusions of the Justice and Home Affairs Council on migration (14 September 2015).        
Comunicado de imprensa 

Comunicado de imprensa 

Os eurodeputados aprovaram hoje a proposta de recolocação de emergência de 120.000 requerentes de asilo da Itália, da Grécia e da Hungria para outros Estados-Membros. Na semana passada, o Parlamento Europeu tinha já aprovado a primeira proposta para o acolhimento pelos países da UE de 40.000 pessoas que fogem da guerra e da perseguição.

Artigos 

Refugees on a boat on the Mediterranean Sea between North Africa and Sicily who are being rescued by the Italian Navy        
Comunicado de imprensa 

Comunicado de imprensa 

A União Europeia e os Estados-Membros devem fazer todos os esforços possíveis para impedir que mais vidas se percam no mar, incluindo através da extensão do mandato da operação "Triton", coordenada pela Frontex, às operações de busca e salvamento a nível da UE e de uma operação humanitária europeia de salvamento, sólida e permanente, que, tal como a "Mare Nostrum", opere em alto mar, diz o Parlamento Europeu numa resolução sobre as recentes tragédias no Mediterrâneo.

Os chefes de estado e governo dos países da UE        

A Europa precisa de um mecanismo permanente e vinculativo para redistribuir refugiados, disse o Presidente do Parlamento Europeu aos chefes de Estado e governo no início do Conselho Europeu dedicado à migração, esta quinta-feira. “A solidariedade europeia consiste em partilhar responsabilidades sem deixar ninguém isolado”, afirmou Schulz. O Conselho Europeu de 15 e 16 de Outubro vai ainda focar-se na União Económica e Monetária, no referendo do Reino Unido e a situação da Turquia e da Síria.

Artigos 

Comunicado de imprensa 

O Parlamento Europeu aprovou hoje o seu parecer sobre o primeiro mecanismo de relocalização de emergência de 40.000 requerentes de asilo da Itália e da Grécia para outros Estados-Membros da UE, que será aplicável durante dois anos. Os eurodeputados querem também um mecanismo vinculativo e permanente para a repartição dos requerentes de asilo na UE, defendendo que será necessário um aumento do número de lugares de relocalização, com vista a adaptá-lo aos fluxos e à situação dos refugiados.