Pacote de economia circular: objetivos mais ambiciosos para a reciclagem na UE 

 
 

Partilhar esta página: 

O novo pacote legislativo sobre a economia circular define objetivos ambiciosos para a reciclagem e a utilização dos aterros na UE. Descubra as metas e os seus prazos legais.

Os eurodeputados aprovaram em plenário, a 18 de abril, o pacote legislativo sobre a economia circular que estabelece metas vinculativas para a reciclagem dos resíduos e os depósitos em aterros.

A gestão eficiente dos resíduos é essencial numa economia circular, onde a maioria dos produtos e materiais devem ser reciclados e reutilizados.

Metas mais ambiciosas para a UE

Apesar da gestão dos resíduos ter vindo a melhorar na UE, em 2014 apenas 44% de todos os resíduos urbanos na UE eram reciclados ou sujeitos a compostagem e mais de 25% dos resíduos municipais acabavam depositados em aterros ou incinerados.

Segundo o novo pacote legislativo, a percentagem de resíduos municipais enviados para a reciclagem deve atingir 55% em 2025, 60% em 2030 e 65% em 2035. A quantidade de resíduos urbanos depositados em aterros não deverá ultrapassar os 10% em 2035.

O pacote legislativo estabelece ainda metas europeias para a reciclagem de embalagens (70% em 2030) com diferentes metas para diferentes materiais.

 

Em 2025

Em 2030

Todas as embalagens

65%

70%

Plástico

50%

55%

Madeira

25%

30%

Metais ferrosos

70%

80%

Alumínio

50%

60%

Vidro

70%

75%

Papel e cartão

75%

85%

Próximos passos

O texto tem ainda de ser aprovado pelo Conselho para que possa entrar em vigor.