Erasmus volta a bater recorde 

 
 

Partilhar esta página: 

A Espanha, a Alemanha e a França são os destinos mais procurados. © Belga/Easyphotostock/T. Olson 

O programa Erasmus não pára de crescer e de bater recordes! No ano letivo 2012-2013, 270 000 estudantes participaram no programa mais popular da União Europeia para estudar ou estagiar no estrangeiro. Este número deverá aumentar com o novo programa Erasmus+ que já foi aprovado pelo Parlamento Europeu e entra em funcionamento em setembro. Quais são os destinos mais populares? Quais são os estudantes mais participativos?

O programa Erasmus tem tido um sucesso inegável desde o seu lançamento em 1987 e já conta com a participação de 3 milhões de estudantes.


No ano académico 2012-2013, quase 270 000 estudantes beneficiaram de bolsas da União Europeia para estudar ou estagiar no estrangeiro, um novo recorde e um aumento de 6% relativamente ao ano anterior. Um em cada cinco estudantes (55 000) optou por um estágio numa empresa (aumento de superior a 16%).


A Espanha, a Alemanha e a França são os destinos mais procurados.


A Espanha (40 000 estudantes), a Alemanha, a Itália e a Polónia são os países que enviam o maior número de estudantes para estudar no estrangeiro. Em termos proporcionais à sua população estudantil: Luxemburgo, Liechtenstein, a Finlândia e a Letónia.


Portugal


Em 2012-13, participaram no programa 7041 estudantes portugueses, um aumento de 9% relativamente ao ano anterior.


Bolsa média: 272€ por mês


A bolsa Erasmus média, concebida para cobrir parcialmente o custo de viver e viajar no estrangeiro, subiu ligeiramente para os 272€ por mês, um aumento de 9% relativamente ao ano anterior (250€). Em alguns países, as autoridades nacionais, as autoridades regionais ou certas instituições concedem um suplemento à bolsa Erasmus.


Para mais informação sobre o novo programa Erasmus+, leia e explore o destaque e as hiperligações à direita deste texto.