Partilhar esta página: 

©BELGAIMAGE/AGEFOTOSTOCK/McPHOTO/ODE 

Os telemóveis colocados no mercado deverão ser compatíveis com um carregador comum, de modo a simplificar a utilização destes equipamentos e a reduzir os resíduos e os custos para os consumidores, de acordo com novas regras hoje aprovadas pelo Parlamento Europeu. O número de dispositivos móveis e de aplicações sem fios cresceu de forma exponencial nos últimos anos.

A revisão da diretiva relativa à disponibilização de equipamentos de rádio no mercado, hoje aprovada por 550 votos a favor, 12 contra e 8 abstenções, diz que "é necessário duplicar os esforços para desenvolver um carregador comum para determinadas categorias ou classes específicas de equipamentos de rádio, em particular, para benefício dos consumidores".


A diretiva estabelece regras para a colocação no mercado, a livre circulação e a colocação em serviço na UE dos equipamentos de rádio e dos equipamentos terminais de telecomunicações.


"Os telemóveis colocados no mercado deverão ser compatíveis com um carregador comum", diz o texto hoje aprovado.


A interoperabilidade entre equipamentos de rádio e acessórios, como os carregadores, simplificaria a sua utilização e reduziria os resíduos e custos desnecessários, dizem os eurodeputados.


O texto da diretiva já foi acordado entre o Parlamento Europeu e os governos nacionais, devendo ser formalmente aprovado pelo Conselho de Ministros da UE nos próximos meses. Os Estados-Membros terão depois dois anos para transpor as novas regras para a legislação nacional e os produtores terão um ano adicional para se adaptarem às novas disposições.