Partilhar esta página: 

Abertura da sessão plenária de 12 de março de 2018 

O presidente do Parlamento Europeu, Antonio Tajani, apelou hoje ao fim da violência em Ghouta: “Nada pode justificar o massacre de pessoas inocentes”, disse na abertura da sessão plenária.

Os ataques em Ghouta Oriental já causaram mais de mil mortos e milhares de feridos, relembrou Tajani. “As diferentes partes devem assumir as suas responsabilidades. Nenhuma causa pode justificar a barbárie”, afirmou.

O presidente do PE apelou à implementação imediata da resolução do Conselho de Segurança das Nações Unidas, com um cessar-fogo duradouro para que os feridos e reféns possam ser evacuados. Uma solução política deve ser encontrada, acrescentou. 

“É urgente um cessar-fogo duradouro (...) Não devemos perder o nosso sentido de humanidade”, declarou Antonio Tajani.

O presidente do PE referiu também o Dia Internacional da Mulher, celebrado a 8 de março, insistindo que é necessário garantir a paridade efetiva de direitos e igualdade de condições, incluindo no salário. Tajani mencionou ainda as petições recebidas contra o assédio sexual.

Anúncio da abertura de negociações com o Conselho

Os pedidos das comissões parlamentares para encetarem negociações interinstitucionais, ao abrigo do Artigo 69.º-C do Regimento do PE, estão publicados na página Web da sessão plenária (ver caixa “Informações e documentos prioritários”).