Partilhar esta página: 

Antonio Tajani na abertura da sessão plenária de 2 de maio de 2018, em Bruxelas 

O presidente do Parlamento Europeu, Antonio Tajani, expressou as suas condolências para com as famílias das vítimas da perseguição religiosa e do terrorismo.

Na abertura da sessão plenária que decorre hoje e amanhã em Bruxelas, Antonio Tajani referiu os recentes casos nas Filipinas, na República Centro Africana, no Afeganistão e na Nigéria, apelando à UE para que aja em conjunto na cena internacional para promover a paz e a estabilidade.

Alterações à agenda

- Um debate de urgência sobre as eleições presidenciais na Venezuela foi acrescentado como terceiro ponto na agenda de quarta-feira, com a votação de uma resolução na quinta-feira.

- Foi também acrescentado à agenda de quarta-feira um debate sobre a aplicação pela Espanha dos padrões internacionais sobre a definição de violência sexual à luz do recente caso “La Manada” (sétimo ponto na agenda, após o debate sobre crimes de perseguição e proteção das vítimas na UE).

- Foi acrescentada à agenda de quinta-feira a votação de uma objeção sobre a beterraba geneticamente modificada H7-1, nos termos do Artigo 106.º do Regimento do PE.

Anúncio da abertura de negociações com o Conselho

Os pedidos das comissões parlamentares para encetarem negociações interinstitucionais, ao abrigo do Artigo 69.º-C do Regimento do PE, estão publicados na página Web da sessão plenária (ver caixa “Informações e documentos prioritários”).