Partilhar esta página: 

Redes sociais e serviços de internet utilizados por milhares de Europeus juntaram-se à campanha de apelo ao voto, lembrando os cidadãos da importância de participar nas Eleições Europeias.

Facebook, Google, Snapchat e Twitter são algumas das plataformas que estão a oferecer serviços extra para garantir que os cidadãos vão às urnas e para assegurar a integridade online das Eleições.

O Google está a disponibilizar funcionalidades especiais para os candidatos e a relembrar os utilizadores para irem votar. No YouTube, o perfil dos candidatos também tem agora maior destaque.

O Facebook tem vindo a lembrar os utilizadores da importância do voto e apresenta uma funcionalidade com a frase “Já votei”, para os dias das Eleições. Esta rede social tem também unido esforços para consciencializar os utilizadores acerca da disseminação de notícias falsas.

O Instagram apresenta stickers especiais que redirecionam os cidadãos para o site oficial das Eleições.

Na Europa, todos os utilizadores do Snapchat com idade para exercer o direito de voto vão receber uma mensagem em vídeo, incentivando-os a ir às urnas.

O Twitter introduziu novos emojis acompanhados pelas hashtags #EE2019 e #destavezeuvoto em diferentes idiomas.

Pode encontrar aqui um resumo de ações levadas a cabo pelas redes sociais e empresas digitais.

São mais de 426 milhões os cidadãos europeus elegíveis para ir votar nas Eleições Europeias, que decorrem entre 23 e 26 de maio na União Europeia.