Accesso directo à navegação principal (Premir "enter")
Acesso aos conteúdos da página (clicar sobre "Entrar")
Accesso directo a lista de outros sítios Web (Premir "enter")
topstory icon
Em destaque :

Medição das emissões dos automóveis - Investigando a fraude nos testes das emissões dos automóveis

Ambiente 01-03-2017 - 14:41 / Atualizado em: 06-04-2017 - 17:11
 
 

O escândalo da fraude na medição das emissões dos automóveis, que rebentou nos Estados Unidos em setembro de 2015, pode afetar milhões de veículos a gasóleo de vários fabricantes. A comissão de inquérito sobre a medição das emissões no setor automóvel adotou, a 28 de fevereiro de 2017, as conclusões da investigação e recomendações para melhorar o procedimento. O relatório final com as conclusões da investigação e as medidas recomendadas voltam a estar na agenda do PE na sessão plenária de abril. (Ler mais: Comissão apresenta concluões do inquérito e recomendações)

O escândalo sobre a manipulação dos testes às emissões dos automóveis revelou falhas no sistema de homologação dos novos automóveis. Os eurodeputados da Comissão do Mercado Interno aprovaram, esta quinta-feira, 9 de fevereiro, um conjunto de medidas para assegurar que os veículos, incluindo os que já se encontram em circulação, cumprem os requisitos em matéria de segurança e ambiente. Falámos com o relator Daniel Dalton. (Ler mais: Melhorar o sistema de homologação dos automóveis para evitar repetição do escândalo Volkswagen)

A meio do seu mandato a comissão de inquérito do Parlamento Europeu à fraude na medição das emissões dos automóveis, descoberta inicialmente nos Estados-Unidos em 2015 nos testes aos automóveis da Volkswagen, tem agora uma visão clara de como os fabricantes eram capazes de alegar que os seus carros poluíam muito menos do que realmente fazem em condições reais de condução. O relatório intercalar é votado em plenária esta terça-feira. Assista à nossa entrevista com os correlatores do relatório. (Ler mais: Escândalo das emissões: “Estados-membros não apoiaram nem foram rígidos na implementação da legislação”)

A comissão de inquérito à medição das emissões no setor automóvel (EMIS) vai reunir com representantes da indústria automóvel para uma audição nos dias 13 e 14 de julho. A presidente da comissão de inquérito, Kathleen Van Brempt (S&D, Bélgica) vai falar sobre o trabalho desenvolvido até ao momento e responder em direto a questões levantadas pelos seguidores a partir da página de Facebook do Parlamento Europeu. O direto tem lugar no dia 14 de Julho, às 14:00 CET. (Ler mais: Audição no PE sobre emissões dos automóveis com representantes da indústria)

O Parlamento Europeu decidiu hoje constituir uma comissão de inquérito para analisar alegações de infração ou de má administração na aplicação do direito da UE sobre a medição das emissões no setor automóvel. A constituição de uma comissão de inquérito sobre o caso conhecido como "Dieselgate" foi requerida por 283 eurodeputados, tendo sido hoje aprovada em plenário por 354 votos a favor, 229 contra e 35 abstenções. (Ler mais: Dieselgate: Parlamento Europeu cria comissão de inquérito sobre medição das emissões no setor automóvel)

Após um ano de trabalho intensivo, os eurodeputados da comissão de inquérito sobre a medição das emissões no setor automóvel votam, esta terça-feira, 28 de fevereiro, o relatório e as recomendações da comissão. “Aprendemos com o passado e estamos a fazer o nosso trabalho (...), para que este escândalo não volte a acontecer”, afirma o eurodeputado alemão Jens Gieseke (PPE) e co-autor do relatório. (Ler mais: Emissões dos automóveis: comissão de inquérito vota relatório final)

Parliament’s car emissions inquiry urgently needs more information from the EU Commission, it says in a resolution voted on Tuesday. Half-way through its mandate, the Committee of Inquiry into Emission Measurements in the Automotive Sector (EMIS), has yet to receive some Commission documents on emission measurements and details of expert group work on vehicle type approval procedures, notes the text. The inquiry’s final report is due in spring 2017. (Ler mais: Car emissions: MEPs' inquiry gearing up for second half )

A comissão de inquérito do Parlamento Europeu prossegue a sua investigação ao escândalo da fraude na medição das emissões dos automóveis. Esta terça-feira, os eurodeputados vão colocar as suas questões ao antigo comissário Günter Verheugen, responsável pela pasta da indústria e das empresas entre 2004 e 2010. Explore as nossas infografias para saber como funcionam os atuais testes de emissões e conhecer as propostas em cima da mesa. (Ler mais: Fraude na medição das emissões dos automóveis: Günter Verheugen responde às questões dos eurodeputados)

A poluição atmosférica provoca mais de 400 mil mortes prematuras por ano na Europa. Os automóveis, especialmente os veículos a diesel, são uma das principais fontes de óxidos de azoto (NOx). As normas da UE fixam limites às emissões dos automóveis e aos respetivos testes de medição. Mas estudos revelam que as emissões na estrada são várias vezes superiores às emissões medidas em laboratório. Os eurodeputados querem testes de medição que espelhem as condições de condução reais. (Ler mais: Do laboratório para a estrada: assegurar testes de emissões de automóveis mais fiáveis)

REF. : 20160909TST41703
 
 
Escândalo das emissões automóveis
 

Os eurodeputados interrogam antigos Comissários para avaliarem se algo ficou por fazer, com o acumular de provas de emissões claramente subestimadas.

 
Escândalo dos testes de emissões: terá a Comissão Europeia a culpa?
 

Kathleen Van Brempt, presidente da comissão de inquérito e Krisjanis Karins comentam a muito aguardada discussão do antigo Comissário Verheugen com o Parlamento Europeu.

 
Fabricantes automóveis na berlinda
 

"Nunca mais", diz a Volkswagen à comissão de inquérito para as emissões automóveis, mas os eurodeputados querem garantias de testes mais rigorosos.