skip to content

Cookies no sítio web da UE

Utilizamos cookies para lhe proporcionar a melhor experiência possível no nosso sítio web. Usamo-los para fins estatísticos através do Google Analytics e não para recolher qualquer informação pessoal. Se não desejar receber cookies, altere assuas configurações a qualquer momento.

Continuar
 
 
Imprensa
Imprensa
 

Rota Jovem, vencedor nacional do Prémio Carlos Magno 2018

O projecto "WORKCAMPS CASCAIS 2017" é o vencedor da primeira etapa do concurso "Prémio Europeu Carlos Magno para a Juventude 2018".    

PCM2018
PCM2018

O “Workcamps Cascais” aconteceu em 2017 e reuniu jovens voluntários de vários países para trabalhar em dois bairros sociais de Cascais, desenvolvendo ações com base em valores como a solidariedade e a tolerância e encorajando a cidadania ativa.

O júri nacional do Prémio foi composto pelos eurodeputados Liliana Rodrigues (Socialistas & Democratas), Carlos Coelho e José Inácio Faria (ambos do Partido Popular Europeu) e por Francisco Ramos, do Conselho Nacional de Juventude. Segundo o júri, o projeto destacou-se pela sua dimensão social e internacional.

O “Workcamps Cascais” representará Portugal na segunda fase do concurso, competindo com os vencedores de cada um dos demais 27 Estados-membros da União Europeia e na qual serão apurados três laureados a nível europeu.

Os vencedores europeus serão anunciados a 8 de maio de 2018, numa cerimónia que terá lugar na cidade alemã de Aachen, onde estarão representantes dos 28 projetos nacionais selecionados.
O primeiro, segundo e terceiro classificados receberão, das mãos do Presidente do Parlamento Europeu (PE), Antonio Tajani, um valor de 7.500 €, 5.000 € e 2.500€, respetivamente, e serão convidados para visitar o PE.

O Prémio Europeu Carlos Magno para a Juventude é atribuído anualmente pelo PE e pela Fundação do Prémio Internacional Carlos Magno, em Aachen, a projetos desenvolvidos por jovens com idades entre os 16 e os 30 anos que promovam o entendimento a nível europeu e internacional, fomentem o desenvolvimento de um sentido partilhado da identidade e da integração europeias e sirvam de modelo aos jovens que vivem na Europa, oferecendo exemplos práticos de europeus que vivem juntos formando uma comunidade.

 .