Index 
 Anterior 
 Seguinte 
 Texto integral 
Ciclo de vida em sessão
Ciclos relativos aos documentos :

Textos apresentados :

B7-0575/2010

Debates :

PV 20/10/2010 - 11
CRE 20/10/2010 - 11

Votação :

PV 21/10/2010 - 7.8
CRE 21/10/2010 - 7.8

Textos aprovados :


Debates
Quinta-feira, 21 de Outubro de 2010 - Estrasburgo Edição JO

7.8. Ucrânia (B7-0571/2010) (votação)
PV
MPphoto
 

  Hannes Swoboda (S&D). - (EN) Senhora Presidente, se não conseguirmos obter uma maioria, quero solicitar à Assembleia que adie a votação para a próxima reunião em Estrasburgo.

Tivemos ontem uma discussão muito aberta e muitos de nós manifestaram a sua preocupação com alguns dos acontecimentos na Ucrânia.

Teremos um debate com o Ministro dos Negócios Estrangeiros na próxima semana. Vamos ter uma missão de observação das eleições. Teremos a reunião da Comissão de Queixas contra a Imprensa em Kiev e em Odessa no início do próximo mês. Seria justo, portanto, que votássemos a resolução imediatamente após essa visita, na sessão plenária em Bruxelas.

Espero que os senhores deputados possam concordar com esta ideia e apoiá-la.

 
  
MPphoto
 

  Presidente. − Obrigada, Senhor Deputado Swoboda. Darei a palavra a outro orador favorável a este pedido, caso exista.

 
  
MPphoto
 

  Michał Tomasz Kamiński (ECR).(PL) Senhora Presidente, gostaria de apoiar a proposta do senhor deputado Swoboda. Penso que será, da nossa parte – da parte do Parlamento – sensato adiar a avaliação da situação na Ucrânia, que discutimos ontem, para a próxima sessão plenária do Parlamento. A sessão decorrerá depois de acontecimentos importantes na Ucrânia e a nossa perspectiva será significativamente mais ampla. Teremos à nossa disposição o relatório dos nossos colegas que irão acompanhar as eleições na Ucrânia, e parece-me que o Parlamento seria sensato se adiasse a votação.

 
  
MPphoto
 

  Presidente. − Obrigada, Senhor Deputado Kamiński. Penso que temos um orador contra este pedido, o senhor deputado Gahler. É assim?

 
  
MPphoto
 

  Michael Gahler (PPE). - (EN) Senhora Presidente, peço aos meus colegas que votem contra o adiamento. Temos de nos manifestar antes das eleições, e por isso precisamos de o fazer agora.

Trata-se de uma questão sobre eleições justas num país europeu e esse não pode ser um tema partidário. No último acto eleitoral, apenas nos pudemos expressar depois das eleições falseadas e estivemos unidos.

Desta vez, existem antecipadamente indicações claras de interferência dos serviços de segurança e de uma prática maciça de rejeição ou de falsas listas partidárias locais para confundir os eleitores.

Devemos, pois, estar unidos a bem da democracia. Penso que a enorme pressão das embaixadas ucranianas em toda a Europa contra esta resolução é a prova de que temos razão em manifestar-nos agora.

 
  
MPphoto
 

  Presidente. − Submeto agora à votação a proposta do senhor deputado Swoboda para que a votação seja adiada.

 
  
MPphoto
 

  Francesco Enrico Speroni (EFD).(IT) Senhora Presidente, pode por favor clarificar se o pedido se refere a Bruxelas ou a Estrasburgo, tendo em conta que ouvi as duas versões?

 
  
MPphoto
 

  Presidente. − Parece ser Bruxelas: todos os senhores deputados sabem que a proposta se refere a Bruxelas? Assim sendo, submeto a proposta a votação.

(O Parlamento aprova o pedido de adiamento da votação)

 
Última actualização: 28 de Fevereiro de 2011Advertência jurídica