Index 
 Anterior 
 Seguinte 
 Texto integral 
Processo : 2012/2130(INI)
Ciclo de vida em sessão
Ciclo relativo ao documento : A7-0229/2013

Textos apresentados :

A7-0229/2013

Debates :

PV 02/07/2013 - 13

Votação :

PV 03/07/2013 - 8.8

Textos aprovados :

P7_TA(2013)0315

Ata
Terça-feira, 2 de Julho de 2013 - EstrasburgoEdição definitiva

13. A situação dos direitos fundamentais: normas e práticas na Hungria (debate)

Relatório sobre a situação dos direitos fundamentais: normas e práticas na Hungria (nos termos da resolução do Parlamento Europeu de 16 de fevereiro de 2012) [2012/2130(INI)] - Comissão das Liberdades Cívicas, da Justiça e dos Assuntos Internos. Relator: Rui Tavares (A7-0229/2013)

Rui Tavares apresenta o relatório.

Intervenções de José Manuel Barroso (Presidente da Comissão) e Viktor Orbán (Primeiro-Ministro da República da Hungria).

Intervenções de Manfred Weber, em nome do Grupo PPE, Hannes Swoboda, em nome do Grupo S&D, que responde igualmente a uma pergunta "cartão azul" de József Szájer, Guy Verhofstadt, em nome do Grupo ALDE, que responde igualmente a uma pergunta "cartão azul" de Andrey Kovatchev, Ulrike Lunacek, em nome do Grupo Verts/ALE, que responde igualmente a uma pergunta "cartão azul" de Bernd Posselt, Lajos Bokros, em nome do Grupo ECR, que responde igualmente a uma pergunta "cartão azul" de András Gyürk, Marie-Christine Vergiat, em nome do Grupo GUE/NGL, Jaroslav Paška, em nome do Grupo EFD, Krisztina Morvai (Não Inscritos), Frank Engel, Juan Fernando López Aguilar, Renate Weber, Judith Sargentini, Ryszard Antoni Legutko, que responde igualmente a uma pergunta "cartão azul" de Kinga Göncz, Véronique Mathieu Houillon, Claude Moraes, Sophia in 't Veld, Daniel Cohn-Bendit (O Presidente reage às declarações deste último), Anthea McIntyre, József Szájer, Guy Verhofstadt para um assunto de natureza pessoal na sequência da intervenção do orador anterior (O Presidente recorda as decisões na base do debate), József Szájer para responder a Guy Verhofstadt (O Presidente confirma as declarações de Verhofstadt, seguidamente adverte József Szájer quanto a determinadas declarações efetuadas por este e consideradas inaceitáveis), József Szájer para esclarecer as suas intervenções anteriores (o Presidente faz nova advertência), Sylvie Guillaume, Carlos Coelho, Kinga Göncz que responde igualmente a uma pergunta "cartão azul" de Zoltán Bagó, Kinga Gál, (O Presidente confirma a legitimidade democrática do relatório Tavares) e de novo Kinga Gál que responde igualmente a uma pergunta "cartão azul" de Marie-Christine Vergiat, Michael Cashman, Jaime Mayor Oreja, Csaba Sándor Tabajdi, Ágnes Hankiss, sobre a intervenção anterior, e Jacek Protasiewicz, que responde igualmente a uma pergunta "cartão azul" de Michael Cashman.

Intervenções, segundo o procedimento "catch the eye", de Jean-Pierre Audy, Marc Tarabella, Jacek Olgierd Kurski, Anna Záborská e Andrew Henry William Brons.

Intervenções de Viviane Reding (Vice-Presidente da Comissão) e Viktor Orbán.

Intervenções de Manfred Weber, em nome do Grupo PPE, Hannes Swoboda, em nome do Grupo S&D, Guy Verhofstadt, em nome do Grupo ALDE, Daniel Cohn-Bendit, em nome do Grupo Verts/ALE, Timothy Kirkhope, em nome do Grupo ECR, Gabriele Zimmer, em nome do Grupo GUE/NGL, Jaroslav Paška, em nome do Grupo EFD, Krisztina Morvai (Não Inscritos), e Rui Tavares.

O debate é dado por encerrado.

Votação: ponto 8.8 da Ata de 3.7.2013.

PRESIDÊNCIA: Roberta ANGELILLI
Vice-Presidente

Última actualização: 4 de Outubro de 2013Advertência jurídica