Parlamento Europeu

Choisissez la langue de votre document :

Perguntas Parlamentares
28 de Setembro de 2010
E-7746/2010
Pergunta com pedido de resposta escrita
à Comissão
Artigo 117.º do Regimento
Andreas Mölzer (NI)

 Assunto: Base de dados dos membros dos grupos de pressão (lóbis) europeus
 Resposta(s) 

O jornal diário austríaco «der Standard» divulgou não há muito tempo a seguinte notícia: «Tratando-se do discreto sector dos lobistas profissionais, as coisas estão muito mal paradas na UE. É certo que, desde 2008, existe uma base de dados para registo daquela categoria. Porém, esse registo, ao contrário do seu homólogo nos EUA, possui um carácter voluntário e evidencia fortes lacunas no que diz respeito à missão específica dos diferentes grupos. E é bem possível que a maioria dos lobistas nem sequer figure nessa base. À data de 4 de Julho, estariam aí registados 2 833 representantes de grupos de interesses. Contudo, estima-se que, em Bruxelas, operem, no mínimo, 15 000 lobistas e 1 500 grupos de pressão. As sondagens efectuadas partem do princípio de que as empresas de relações públicas e as sociedades de advogados representam um quarto do conjunto dos grupos de pressão. O resto seria composto por organizações internacionais, câmaras de comércio, partidos políticos e organizações sem fins lucrativos.»

1. Prevê a Comissão instituir uma obrigação de registo para os lobistas segundo o modelo dos EUA?

2. Se sim, a partir de quando será possível contar com esse registo?

3. Se não, por que não?

4. Existem estimativas de quantos contratos são adjudicados a nível de toda a UE através dos lobistas inscritos na base de dados?

5. Existem estimativas de quantos contratos são adjudicados a nível de toda a UE através dos lobistas não inscritos na base de dados?

Língua original da pergunta: DEJO C 243 E de 20/08/2011
Última actualização: 30 de Setembro de 2010Advertência jurídica