Eficiência energética

01-02-2018

A redução do consumo de energia e do desperdício energético assume uma importância cada vez maior para a UE. Em 2007, os líderes da UE adotaram um objetivo para 2020 que consistia na redução em 20 % do consumo médio anual de energia da UE. As medidas em matéria de eficiência energética são cada vez mais reconhecidas como meio não apenas para alcançar um aprovisionamento de energia sustentável, reduzir as emissões de gases com efeito de estufa, melhorar a segurança do aprovisionamento e reduzir as faturas da importação, mas também promover a competitividade da UE. A eficiência energética é, por conseguinte, uma das prioridades estratégicas para a consecução da União da Energia e a UE promove o princípio da «prioridade à eficiência energética». O futuro quadro político para o período pós-2030 está a ser debatido.

A redução do consumo de energia e do desperdício energético assume uma importância cada vez maior para a UE. Em 2007, os líderes da UE adotaram um objetivo para 2020 que consistia na redução em 20 % do consumo médio anual de energia da UE. As medidas em matéria de eficiência energética são cada vez mais reconhecidas como meio não apenas para alcançar um aprovisionamento de energia sustentável, reduzir as emissões de gases com efeito de estufa, melhorar a segurança do aprovisionamento e reduzir as faturas da importação, mas também promover a competitividade da UE. A eficiência energética é, por conseguinte, uma das prioridades estratégicas para a consecução da União da Energia e a UE promove o princípio da «prioridade à eficiência energética». O futuro quadro político para o período pós-2030 está a ser debatido.