Combater as alterações climáticas

01-02-2018

Na Conferência das Nações Unidas sobre as Alterações Climáticas realizada em Paris, em dezembro de 2015, Partes vindas do mundo inteiro decidiram limitar o aquecimento global bem abaixo dos 2º C em relação aos níveis pré-industriais. A UE compromete-se a reduzir, até 2030, as emissões de gases com efeito de estufa em pelo menos 40 % face aos níveis de 1990, ao mesmo tempo que pretende uma melhoria de 27 % na eficiência energética e um aumento da quota de fontes de energias renováveis para 27 % do consumo final. O regime de comércio de licenças de emissão da UE é um mecanismo fundamental para combater as alterações climáticas.

Na Conferência das Nações Unidas sobre as Alterações Climáticas realizada em Paris, em dezembro de 2015, Partes vindas do mundo inteiro decidiram limitar o aquecimento global bem abaixo dos 2º C em relação aos níveis pré-industriais. A UE compromete-se a reduzir, até 2030, as emissões de gases com efeito de estufa em pelo menos 40 % face aos níveis de 1990, ao mesmo tempo que pretende uma melhoria de 27 % na eficiência energética e um aumento da quota de fontes de energias renováveis para 27 % do consumo final. O regime de comércio de licenças de emissão da UE é um mecanismo fundamental para combater as alterações climáticas.