As políticas regional e de coesão e os desafios demográficos

16-09-2013

Este estudo apresenta uma visão global das estruturas e das tendências demográficas regionais na União Europeia, com destaque para os seus previsíveis efeitos na coesão socioeconómica e territorial e para uma análise do contributo que a política de coesão pode dar no tratamento político das alterações demográficas. Analisa, muito em particular, como e em que medida a política de coesão e os fundos estruturais europeus de 2007-2013 contribuíram para responder às alterações demográficas à escala regional, com o objetivo de obter indicações úteis sobre a forma de tornar as intervenções da política de coesão mais eficazes no próximo período de programação (2014-2020). O estudo passa em revista a literatura e os dados sobre as tendências demográficas e espaciais nas regiões da União e as principais intervenções dos poderes públicos neste domínio, juntamente com uma análise dos documentos de programação da política de coesão para o período de 2007-2013. O estudo procede ainda a uma profunda análise de dez casos práticos regionais e de boas práticas, facultando, por último, uma leitura horizontal das principais constatações que podem servir para a elaboração de conclusões e recomendações políticas para o período de programação 2014-2020.

Este estudo apresenta uma visão global das estruturas e das tendências demográficas regionais na União Europeia, com destaque para os seus previsíveis efeitos na coesão socioeconómica e territorial e para uma análise do contributo que a política de coesão pode dar no tratamento político das alterações demográficas. Analisa, muito em particular, como e em que medida a política de coesão e os fundos estruturais europeus de 2007-2013 contribuíram para responder às alterações demográficas à escala regional, com o objetivo de obter indicações úteis sobre a forma de tornar as intervenções da política de coesão mais eficazes no próximo período de programação (2014-2020). O estudo passa em revista a literatura e os dados sobre as tendências demográficas e espaciais nas regiões da União e as principais intervenções dos poderes públicos neste domínio, juntamente com uma análise dos documentos de programação da política de coesão para o período de 2007-2013. O estudo procede ainda a uma profunda análise de dez casos práticos regionais e de boas práticas, facultando, por último, uma leitura horizontal das principais constatações que podem servir para a elaboração de conclusões e recomendações políticas para o período de programação 2014-2020.

Autor externo

Project Direction: Manuela Samek Lodovici (IRS) , Operative Coordinator: Monica Patrizio (IRS) , IRS, Institute for Social research (Milan): Manuela Samek Lodovici, Claudio Calvaresi, Davide Barbieri, Sandra Naaf (Thuringia-Germany ), Monica Patrizio, Flavia Pesce (Thuringia-Germany and Basilicata-Italy), Cristina Vasilescu (Centru-Romania), Giulia Rossi (Basilicata-Italy), Gabriele Solazzi, Maria Letizia Tanturri , CSIL, Centre for Industrial Studies (Milan): Silvia Vignetti, Gelsomina Catalano (Lincolnshire-United Kingdom), Julie Pellegrin, Davide Sartori (Castilla La Mancha-Spain), Emanuela Sirtori (Province de Liège, Walloon-Belgium, Malta). PPMI, Public Policy and Management Institute (Vilnius): Brozaitis Haroldas, Krystyna Iglicka (Loer Silesian-Poland), Lisa Hörnström (Östra Mellansverige-Sweden), Repeckaitė Dovilė Žvalionytė (Lithuania)