Frete rodoviário: por que razão os carregadores da UE preferem camiões a comboios

16-03-2015

O presente estudo avalia os fatores que influenciam a escolha dos modos de transporte pelos carregadores na UE, sublinhando os motivos pelos quais preferem amiúde as estradas aos caminhos de ferro. Tendo por base a análise das tendências de longo prazo do transporte de mercadorias, estudos de caso nacionais (Alemanha, Polónia, França, Itália e Espanha) e entrevistas com agentes do setor, o estudo investiga os principais fatores subjacentes à escolha do modo de transporte de mercadorias. O capítulo que encerra o estudo fornece recomendações sobre os elementos essenciais de uma estratégia eficaz para incentivar o recurso ao transporte ferroviário, a partir dos ensinamentos retirados de experiências anteriores neste domínio.

O presente estudo avalia os fatores que influenciam a escolha dos modos de transporte pelos carregadores na UE, sublinhando os motivos pelos quais preferem amiúde as estradas aos caminhos de ferro. Tendo por base a análise das tendências de longo prazo do transporte de mercadorias, estudos de caso nacionais (Alemanha, Polónia, França, Itália e Espanha) e entrevistas com agentes do setor, o estudo investiga os principais fatores subjacentes à escolha do modo de transporte de mercadorias. O capítulo que encerra o estudo fornece recomendações sobre os elementos essenciais de uma estratégia eficaz para incentivar o recurso ao transporte ferroviário, a partir dos ensinamentos retirados de experiências anteriores neste domínio.

Autor externo

Francesco Dionori, Lorenzo Casullo, Simon Ellis, Davide Ranghetti, Konrad Bablinski, Christoph Vollath and Carl Soutra