Prémios 

O Parlamento Europeu não se limita a legislar; também gosta de promover a qualidade. Todos os anos, atribui quatro prémios em reconhecimento da excelência nos seguintes domínios: direitos humanos, cinema, projetos para a juventude e cidadania ativa. São oportunidades para dar realce a pessoas e organizações que muito se esforçam para tornar o nosso mundo um bocadinho melhor e encorajar outros a seguir o seu exemplo.

  • Prémio do Cidadão Europeu - Um prémio para feitos excecionais. 

    O Parlamento Europeu atribui, anualmente, o «Prémio do Cidadão Europeu». Este prémio recompensa feitos excecionais num dos seguintes domínios:

    • Projetos que promovam melhor entendimento mútuo e maior integração entre os cidadãs e cidadãos dos Estados-Membros ou que facilitem a cooperação transfronteiriça ou transnacional na União Europeia.
    • Projetos que envolvam cooperação cultural transfronteiriça ou transnacional a longo prazo, contribuindo para o reforço do espírito europeu.
    • Projetos associados ao Ano Europeu em curso (se aplicável).
    • Projetos que consubstanciem os valores consagrados na Carta dos Direitos Fundamentais da União Europeia.

    Cidadãs e cidadãos, grupos de cidadãs e cidadãos, associações ou organizações podem candidatar-se ao Prémio do Cidadão Europeu com projetos que tenham realizado, ou nomear outro cidadão, grupo, associação ou organização para o Prémio do Cidadão Europeu.

    O(a)s deputado(a)s ao Parlamento Europeu têm o direito de apresentar nomeações - uma por deputado(a) anualmente.


    Para mais informações:

      
  • Prémio Sakharov para a Liberdade de Pensamento 

    O Prémio Sakharov distingue uma atuação meritória num dos seguintes domínios:


    • defesa dos direitos humanos e das liberdades fundamentais, especialmente o direito à liberdade de expressão,
    • proteção dos direitos das minorias,
    • respeito do direito internacional,
    • desenvolvimento da democracia e implementação do Estado de direito.


        
    • Prémio Europeu Carlos Magno para a Juventude – para todo(a)s o(a)s jovens Europeus particularmente motivado(a)s 

      O Prémio Europeu Carlos Magno para a Juventude é atribuído a projetos desenvolvidos por jovens que promovem o entendimento a nível europeu e internacional. O Prémio destaca o trabalho quotidiano desenvolvido por jovens de toda a Europa para reforçar a democracia europeia e apoia a sua participação ativa na construção do futuro da Europa.

      O «Prémio Europeu Carlos Magno para a Juventude», todos os anos atribuído conjuntamente pelo Parlamento Europeu e pela Fundação do Prémio Internacional Carlos Magno, de Aquisgrano (Aachen), ascende a 7500 €, para o primeiro classificado, a 5000 €, para o segundo classificado, e a 2500 €, para o terceiro classificado. Parte do prémio será uma visita do(a)s três finalistas galardoado(a)s ao Parlamento Europeu (em Bruxelas ou em Estrasburgo). O(a)s representantes do conjunto dos 27 projetos nacionais selecionados serão convidado(a)s para uma viagem de quatro dias a Aquisgrano, na Alemanha.

      És residente na UE, tens entre 16 e 30 anos de idade e estás a trabalhar num projeto que aproxima a Europa? Apresenta a tua candidatura ao Prémio Europeu Carlos Magno para a Juventude, atribuído anualmente, e obtém o apoio necessário para desenvolveres a tua iniciativa.


        
    • Prémio LUX – apoiar a cultura e a identidade europeias 

      O Prémio LUX tem vindo a construir pontes em toda a Europa, divulgando filmes que vão ao cerne do debate público europeu. Os filmes selecionados sensibilizam para algumas das principais questões sociais e políticas da atualidade e refletem a beleza e a diversidade do cinema europeu.

      A partir de 2020, o Prémio LUX passa a designar-se LUX Prémio Europeu do Público para o Cinema. O novo prémio visa reforçar os laços entre a política e os cidadãs e cidadãos, convidando os espetadores europeus a tornarem-se protagonistas ativos, votando nos seus filmes favoritos. O objetivo é também, através da visualização de filmes europeus inspiradores, suscitar debates junto dos diferentes públicos sobre a Europa e o que significa «viver a Europa» de uma forma emotiva.