Proposta de resolução - B8-1021/2016Proposta de resolução
B8-1021/2016

    PROPOSTA DE RESOLUÇÃO sobre a saúde neonatal

    20.9.2016

    apresentada nos termos do artigo 133.º do Regimento

    Dominique Bilde

    B8-1021/2016

    Proposta de resolução do Parlamento Europeu sobre a saúde neonatal

    O Parlamento Europeu,

    –  Tendo em conta o artigo 133.º do seu Regimento,

    A.  Considerando que, todos os anos, se registam na União Europeia dois milhões de abortos, 50 000 bebés nados-mortos ou mortos antes da idade de um ano, 90 000 outros que apresentam malformações congénitas e 500 000 gravidezes que não chegam ao termo;

    B.  Considerando que, em muitos países, se verificou uma subida da taxa de ocorrência de complicações de natureza perinatal e neonatal, o que aumenta o risco de contração de doenças graves em idade adulta;

    C.  Considerando que metade das mortes fetais e dos nascimentos prematuros não têm explicação;

    1.  Solicita à Comissão e aos Estados-Membros que incluam a perinatalogia e neonatologia nas prioridades de investigação da Europa e apoiem a investigação nestes domínios;

    2.  Insta a Comissão e os Estados-Membros a criarem um registo de intercâmbio de informações e de boas práticas para promover as políticas em matéria de natalidade, melhorar a qualidade dos cuidados e defender a vida;

    3.  Encarrega o seu Presidente de transmitir a presente resolução à Comissão, ao Conselho e aos Estados-Membros.