PROPOSTA DE RESOLUÇÃO
PDF 228kWORD 47k
25.5.2018
PE621.617v01-00
 
B8-0234/2018

apresentada nos termos do artigo 133.º do Regimento


sobre antecipar e reduzir os riscos sistémicos que os processos de sanções políticas americanas contra as empresas europeias e russas criam à UE e à economia mundial


Bernard Monot

Proposta de resolução do Parlamento sobre antecipar e reduzir os riscos sistémicos que os processos de sanções políticas americanas contra as empresas europeias e russas criam à UE e à economia mundial  
B8‑0234/2018

O Parlamento Europeu,

–  Tendo em conta o artigo 133.º do seu Regimento,

A.  Considerando que a lei CAATSA (Countering America’s Adversaries Through Sanctions Act), de agosto de 2017, submete as empresas europeias ao impacto das sanções instituídas pelo Tesouro americano;

B.   Considerando que as sanções de abril de 2018 contra várias empresas russas, que proíbem qualquer relação comercial com estas últimas, impedem, em particular, a sociedade Rusal de servir a sua divida nos mercados internacionais, podendo, deste modo, fazer com que entre numa situação de incumprimento que poderá ter repercussões sistémicas, do mesmo modo que o défice sobre a dívida russa desencadeou a crise financeira de 1998;

1.  Solicita ao Comité Europeu do Risco Sistémico que avalie o risco de uma nova crise financeira despoletada pelas sanções americanas;

2.   Solicita ao Sistema Europeu de Bancos Centrais que colabore com o Banco da Rússia para desenvolver mecanismos de pagamento, compensação e sistemas de liquidação de títulos, entre euros e rublos, que permitam evitar défices consecutivos que advenham da impossibilidade de as sociedades sujeitas às sanções americanas honrarem as suas dívidas;

3.   Encarrega o seu Presidente de transmitir a presente resolução à Comissão Europeia, ao Conselho, ao Banco Central Europeu e ao Governo da Federação Russa.

Última actualização: 5 de Junho de 2018Dados pessoais - Política de privacidade