Voltar ao portal Europarl

Choisissez la langue de votre document :

 Index 
 Texto integral 
Debates
Terça-feira, 13 de Dezembro de 2005 - Estrasburgo Edição JO

Declarações de voto
MPphoto
 
 

  Philip Claeys (NI).(NL) Senhor Presidente, leio no relatório Roure que uma das mensagens a emitir em 2007, o Ano Europeu da Igualdade de Oportunidades, é que todas as pessoas têm direito à igualdade de tratamento. A promoção do respeito e da tolerância está igualmente no topo da agenda. Considerando o teor politicamente correcto do relatório e tendo em conta a experiência passada poucas ilusões tenho quanto à intenção da Comissão de tornar claro, em especial às comunidades islâmicas europeias, que a violência contra os judeus e a discriminação contra as mulheres são inaceitáveis.

Um estudo realizado em 2002 revelou, por exemplo, que as práticas anti-semíticas são especialmente comuns entre muçulmanos. Uma vez que isto não se coaduna, naturalmente, com a imagem politicamente correcta que nós temos, as conclusões deste relatório não passaram do cesto dos papéis. Os casos de discriminação mais flagrantes e frequentes são cobertos com o manto do amor. É evidente que nunca ninguém morreu de hipocrisia.

 
Aviso legal - Política de privacidade