Index 
 Texto integral 
Debates
Quarta-feira, 9 de Abril de 2008 - Bruxelas Edição JO

Relatório de progresso 2007-Croácia - Relatório de progresso 2007 - Antiga República Jugoslava da Macedónia (debate)
MPphoto
 
 

  Angelika Beer (Verts/ALE).(DE) Senhor Presidente, quero dar as calorosas boas-vindas aos nossos homólogos da Macedónia, que estão a seguir este debate. O Senhor Comissário Rehn declarou que estamos a incentivar a Macedónia a fazer progressos no processo de reformas. "Sim", dizemos todos em uníssono, "queremos que as negociações sejam iniciadas este ano".

No entanto, ainda temos de chamar as coisas pelos seus nomes. Quem entravou aqui a capacidade da Macedónia de estabelecer compromissos de aliança foi a Grécia, com o seu veto contra a adesão do país à NATO. É certo que existe um diferendo em torno da questão da nomenclatura, mas não podemos ignorar o facto de que, em 1995, a Grécia fez uma declaração vinculativa, válida ao abrigo do direito internacional, concordando em que esse diferendo jamais seria um obstáculo à adesão da Macedónia à comunidade internacional, à União Europeia ou à NATO.

A Grécia quebrou este acordo internacional vinculativo e, se queremos impor reformas a este respeito, quero dizer que é a Grécia que está a infringir os critérios europeus, e não Macedónia.

Isto é um retrocesso, é uma bofetada na cara de um pequeno Estado que está realmente a fazer todos os esforços para nos acompanhar e iniciar negociações. Portanto, diria ainda, Senhor Deputado Swoboda, que o artifício usado para travar, ou adiar novamente, a votação de amanhã constitui um novo risco de desestabilização do Governo da Macedónia, incentivando as forças nacionalistas.

O verdadeiro problema é que, com a Grécia, temos um país aliado que se recusa terminantemente a reconhecer qualquer tipo de minoria no seu próprio país. Isto é contrário aos critérios de Copenhaga, o que é embaraçoso para a União Europeia e para a aliança. Desejo à Macedónia muita força para dar os próximos passos, a despeito da Grécia.

 
Aviso legal - Política de privacidade