Index 
 Texto integral 
Debates
Quinta-feira, 2 de Abril de 2009 - Bruxelas Edição JO

Declarações de voto
MPphoto
 
 

Texto apresentado : A6-0186/2009

  Philip Claeys (NI) , por escrito. − (NL) Votei contra este relatório, porque directivas deste tipo comprometem a capacidade dos Estados-Membros de assegurar o controlo dos seus próprios territórios e tomar as medidas apropriadas para manter a lei e a ordem. Estou a lembrar-me da Itália, por exemplo, que foi fortemente criticada, com base nesta directiva, por se ter presumido que aquele país pretendia tomar medidas firmes para manter a lei e a ordem. Estou a lembrar-me também do acórdão Metock do Tribunal de Justiça, que compromete, de facto, as políticas de imigração dos Estados-Membros no contexto desta directiva. Estou a lembrar-me ainda, todavia, da Bélgica, porque este país continua a naturalizar imigrantes com base na legislação mais permissiva do mundo em matéria de nacionalização, que oferece a esses imigrantes total liberdade para atravessarem as fronteiras europeias.

 
Aviso legal - Política de privacidade