Retur til Europarl-portal

Choisissez la langue de votre document :

  • bg - български
  • es - español
  • cs - čeština
  • da - dansk
  • de - Deutsch
  • et - eesti keel
  • el - ελληνικά
  • en - English
  • fr - français
  • ga - Gaeilge
  • hr - hrvatski
  • it - italiano
  • lv - latviešu valoda
  • lt - lietuvių kalba
  • hu - magyar
  • mt - Malti
  • nl - Nederlands
  • pl - polski
  • pt - português (valgt)
  • ro - română
  • sk - slovenčina
  • sl - slovenščina
  • fi - suomi
  • sv - svenska
Dette dokument er ikke tilgængeligt på dit sprog og du får det derfor på et andet sprog (de tilgængelige sprog ses på sprogbjælken).

 Indeks 
 Fuld tekst 
Debates
Segunda-feira, 20 de Setembro de 2010 - Estrasburgo Edição JO

Prevenção de catástrofes naturais ou provocadas pelo homem (breve apresentação)
MPphoto
 

  Maria do Céu Patrão Neves (PPE). - Senhor Presidente, Senhor Comissário, este relatório reveste-se de grande importância, particularmente no presente, em que as catástrofes naturais e provocadas pelo Homem se vêm tornando cada vez mais frequentes e com custos humanos, socioeconómicos e ambientais cada vez mais elevados. Importa, pois, agir com celeridade e eficácia, e sobretudo a nível da prevenção, no qual este relatório se centra.

Tive a honra de ser a relatora do parecer que a Comissão da Agricultura emitiu a este respeito e aproveito para saudar o colega João Ferreira com quem foi possível um trabalho profícuo no sentido de integrar parte do parecer da AGRI neste relatório da ENVI.

A nível da AGRI, as nossas principais preocupações reportam-se ao impacto que sobretudo inundações, secas e incêndios têm na produção agrícola e silvícola. Recordamos como Portugal foi fustigado este ano por eventos deste tipo, com inundações na Madeira, com prejuízos materiais no valor de 1,3 mil milhões de euros, e os fogos florestais de Verão, com prejuízos avaliados em 385 milhões de euros.

Neste âmbito, consideramos urgentes não só as medidas de prevenção apontadas no presente relatório, mas também, a nível da intervenção, um sistema comum europeu obrigatório de seguros e fundos mutualistas para a agricultura e a reforma do Fundo de Solidariedade da União Europeia.

 
Juridisk meddelelse - Databeskyttelsespolitik