Index 
 Texto integral 
Debates
Terça-feira, 18 de Janeiro de 2011 - Estrasburgo Edição JO

Balanço da Presidência belga do Conselho (debate)
MPphoto
 

  Ivo Belet (PPE).(NL) Senhor Presidente, Senhor Primeiro-Ministro Leterme, Senhora Secretária de Estado da Hungria para os Assuntos Europeus, tanto os senhores como os respectivos serviços diplomáticos provaram que, mesmo em circunstâncias económicas muito difíceis, podemos ter êxito e podemos aproveitar essas circunstâncias para tornarmos a Europa mais forte. Isso é muito importante. Obviamente, esse tipo de coisas exige que estabeleçamos compromissos, compromissos difíceis, o que sempre nos deixará sujeitos a críticas. Penso, porém, que nesta situação se aplica mais do que nunca a regra de ouro de que "o óptimo é inimigo do bom". Este tipo de compromisso é sempre justificável, se nos permite fazer progressos e se beneficia a prosperidade e o bem-estar dos nossos cidadãos.

Senhor Primeiro-Ministro Leterme, como só disponho de um minuto, vou fazer apenas alguns breves comentários a respeito da próxima Presidência belga, que, possivelmente, irá exercer essas funções em 2025, ou aproximadamente. O Senhor Primeiro-Ministro terá então, provavelmente, 65 anos e eu terei um ano mais. Parto do princípio de que, nessa altura, a Europa ainda será um actor importante no palco do mundo, mas, para que isso aconteça, temos realmente de manter o impulso dos últimos seis meses. Em todo o caso, desejo-lhe todo o êxito, quer aqui, quer em Bruxelas.

 
Aviso legal - Política de privacidade