Index 
 Anterior 
 Seguinte 
 Texto integral 
Processo : 2007/0255(NLE)
Ciclo de vida em sessão
Ciclos relativos aos documentos :

Textos apresentados :

A7-0362/2010

Debates :

PV 18/01/2011 - 3
PV 18/01/2011 - 5
CRE 18/01/2011 - 3
CRE 18/01/2011 - 5

Votação :

PV 19/01/2011 - 6.8
PV 19/01/2011 - 6.9
CRE 19/01/2011 - 6.8
Declarações de voto
Declarações de voto

Textos aprovados :

P7_TA(2011)0015

Debates
Quarta-feira, 19 de Janeiro de 2011 - Estrasburgo Edição JO

6.8. Acordo de estabilização e de associação entre a CE e a Sérvia (B7-0021/2011) (votação)
PV
  

Antes da votação da alteração 4:

 
  
MPphoto
 

  Ulrike Lunacek (Verts/ALE).(DE) Senhora Presidente, gostaria de apresentar uma alteração oral à alteração 4 apresentada pela senhora deputada Brantner e por mim, suprimindo a última parte. Deverá ler-se: “Exorta a Sérvia a entrar em diálogo com o Kosovo sem voltar a referir novas negociações sobre o estatuto”.

Espero contar com o seu apoio.

 
  
MPphoto
 

  Bernd Posselt (PPE).(DE) Senhora Presidente, gostaria de recomendar, nestas circunstância, que se vote a favor.

 
  
 

(O Parlamento aprova a alteração oral)

– Antes da votação da alteração 8:

 
  
MPphoto
 

  Jelko Kacin (ALDE).(EN) Senhora Presidente, dada a importância dos direitos humanos, gostaria que se fizesse uma votação nominal da alteração 8. A alteração refere-se à decisão surpreendente e infeliz do Governo sérvio de não comparecer à cerimónia de entrega do Prémio Nobel da Paz em Oslo. Ao mesmo tempo, louva a decisão do Provedor sérvio de comparecer à cerimónia em nome do povo sérvio. É uma mensagem para a Sérvia e todos os futuros Estados candidatos de que negociar com os direitos humanos não é aceitável.

Para ter maior apoio a esta alteração, gostaria igualmente de apresentar uma alteração oral muito curta – essencialmente, de compromisso – inicialmente elaborada pela senhora deputada Maria Eleni Koppa. Gostaria de acrescentar a palavra “inicial" entre “decisão” e “do Governo”, para que a redacção seja “Lamenta a decisão inicial do Governo de não comparecer à cerimónia de entrega do Prémio Nobel da Paz em Oslo, em 10 de Dezembro; saúda, por outro lado, a iniciativa do Provedor de comparecer à cerimónia como uma decisão responsável e louvável”.

Insto todos os colegas a apoiarem esta alteração.

 
  
 

(O Parlamento rejeita a alteração oral)

(A Presidente aprova o pedido de votação nominal)

 
Aviso legal - Política de privacidade