Nazaj na portal Europarl

Choisissez la langue de votre document :

  • bg - български
  • es - español
  • cs - čeština
  • da - dansk
  • de - Deutsch
  • et - eesti keel
  • el - ελληνικά
  • en - English
  • fr - français
  • ga - Gaeilge
  • hr - hrvatski
  • it - italiano
  • lv - latviešu valoda
  • lt - lietuvių kalba
  • hu - magyar
  • mt - Malti
  • nl - Nederlands
  • pl - polski
  • pt - português (izbrano)
  • ro - română
  • sk - slovenčina
  • sl - slovenščina
  • fi - suomi
  • sv - svenska
Ta dokument ni na voljo v vašem jeziku, zato v vrstici z jeziki izberite drugega.

 Kazalo 
 Celotno besedilo 
Debates
Terça-feira, 19 de Novembro de 2013 - Estrasburgo Edição revista

Rede transeuropeia de transportes (A7-0012/2013 - Georgios Koumoutsakos, Ismail Ertug)
MPphoto
 
 

  Maria do Céu Patrão Neves (PPE), por escrito. A Rede Transeuropeia de Transportes (RTE-T) é um dos projetos-chave da União Europeia. Constitui a espinha dorsal do mercado comum, é indispensável para a mobilidade dos cidadãos da UE, para a coesão económica, social e territorial e para a criação de crescimento económico e de emprego. A RTE-T tem identificados os seguintes problemas: um atraso significativo na concretização de muitos projectos da RTE-T, dificuldades no financiamento de projetos em tempos de crise económica, falta de coordenação entre os diferentes instrumentos de financiamento geridos de forma centralizada e descentralizada, bem como uma falta de informação e de dados estatísticos sobre o financiamento de projetos, nomeadamente sobre os apoios financeiros provenientes de fundos estruturais e de coesão e do BEI. Votei favoravelmente a presente proposta em que se pretende superar todos estes problemas, criando uma nova dinâmica de atuação e implementação de projetos.

 
Pravno obvestilo - Varstvo osebnih podatkov